Livramento Hoje

Busca pela categoria "Economia "

Voos domésticos atingem 80% de nível pré-pandemia

Foto: Alan Rich | Livramento Hoje
04.Out.2021 // 10:00

Os voos domésticos já recuperaram 80% dos níveis de passageiros que havia antes da pandemia de Covid-19 no Brasil, segundo o ministro do Turismo, Gilson Machado. Em entrevista à Agência Brasil, durante visita à Expo 2020 em Dubai, nos Emirados Árabes, Machado disse que a companhia aérea Azul já até superou seus números pré-pandemia. “O hub de Recife, por exemplo, já está com 115% de fluxo aéreo. A gente vê também as reservas nos hotéis no final do ano, não tem mais hotel praticamente no Nordeste brasileiro, nos endereços de ecoturismo, no Natal Luz de Gramado e Canela”, afirmou o ministro. Os voos internacionais, no entanto, ainda estão longe da recuperação. De acordo com Machado, as ligações aéreas com o exterior movimentam atualmente apenas 30% dos passageiros de antes da Covid-19. Gilson Machado chegou a Dubai com a mensagem de que pretende ampliar o número de turistas internacionais que viajam ao Brasil e aumentar os investimentos estrangeiros na infraestrutura de turismo do país. Ele acredita que depois da pandemia, muitos vão querer ter contato com a natureza, que seria um forte ativo brasileiro. Mas, para isso, seria preciso investir na promoção do Brasil no exterior. “Estamos lutando por recursos para isso, porque a briga pelo turista internacional é briga de cachorro grande. O turismo é dinheiro na veia da economia. A gente vê hoje um país como o México, que tem US$ 500 milhões para divulgar seu país lá fora. Por isso que o México recebe praticamente quase dez vezes mais turistas estrangeiros que o Brasil. Nós estamos lutando junto com o Congresso Nacional, para que a Embratur tenha mais recursos”, acrescentou. A meta é atingir um patamar de 12 milhões de visitantes internacionais, o dobro do recorde já registrado no país, que foi atingido em 2018, com 6,62 milhões. Nos dois anos anteriores, os números também ficaram próximos de 6,6 milhões. Em 2019, se esperava bater a marca de 7 milhões, devido à isenção de vistos para americanos, canadenses, japoneses e australianos. Segundo o ministro, no entanto, a crise econômica na Argentina, principal emissor de turistas para o Brasil, representando mais de um terço do total, frustrou as expectativas, e o Brasil recebeu apenas 6,35 milhões de visitantes internacionais.


Operações do Pix à noite terão limite de R$ 1 mil a partir de hoje

Foto: Reprodução
04.Out.2021 // 07:00

A partir de hoje (4), as transferências e pagamentos feitos por pessoas físicas entre as 20h e as 6h terão limite de R$ 1 mil. A medida foi aprovada pelo Banco Central (BC) em setembro, com o objetivo de coibir os casos de fraudes, sequestros e roubos noturnos. As contas de pessoas jurídicas não foram afetadas pelas novas regras. A restrição vale tanto para transações por Pix, sistema de pagamento instantâneo, quanto para outros meios de pagamento, como transferências intrabancárias, via Transferência Eletrônica Disponível (TED) e Documento de Ordem de Crédito (DOC), pagamentos de boletos e compras com cartões de débitos. O cliente poderá alterar os limites das transações por meio dos canais de atendimento eletrônico das instituições financeiras. No entanto, os aumentos serão efetivados de 24 horas a 48 horas após o pedido, em vez de ser concedidos instantaneamente, como era feito por alguns bancos. As instituições financeiras também devem oferecer aos clientes a possibilidade de definir limites distintos de movimentação no Pix durante o dia e a noite, permitindo limites mais baixos no período noturno. Ainda será permitido o cadastramento prévio de contas que poderão receber Pix acima dos limites estabelecidos, mantendo os limites baixos para as demais transações. Na semana passada, o BC estabeleceu medidas adicionais de segurança para o sistema instantâneo de pagamentos, que entrarão em vigor em 16 de novembro. Uma delas é o bloqueio do recebimento de transferências via Pix a pessoas físicas por até 72 horas, caso haja suspeita de que a conta beneficiada seja usada para fraudes.


Petrobras aumenta preço do diesel a partir desta quarta-feira

Foto: Alan Rich | Livramento Hoje
29.Set.2021 // 08:01

A Petrobras anunciou ontem terça-feira (28), que vai elevar o preço do diesel vendido às distribuidoras. Com o reajuste, o preço médio de venda do diesel A passa de R$ 2,81 para R$ 3,06 por litro, refletindo reajuste médio de R$ 0,25 por litro. O reajuste entra em vigor hoje quarta-feira (29). Segundo a Petrobras, a alta de 8,89% vem após 85 dias de preços estáveis para o combustível – a última alta antes dessa havia sido em 7 de julho passado. A Petrobras não informou reajuste nos preços dos demais combustíveis. A estatal também informa que, com o reajuste, a parcela que corresponde à Petrobras no preço pago pelos consumidores na bomba passará a ser de R$ 2,70 por litro em média, uma alta de R$ 0,22 em relação ao valor atual.


Caixa oferece crédito de R$ 300 a R$ 1 mil pelo celular

Foto: Reprodução
27.Set.2021 // 14:00

A Caixa Econômica Federal lançou hoje (27) o programa Crédito Caixa Tem, que vai oferecer empréstimos de R$ 300 a R$ 1 mil, direto pelo aplicativo de celular Caixa Tem. A taxa de juros é de 3,99% ao mês, com pagamento em até 24 vezes. Para quem já possui a conta Poupança Social Digital no Caixa Tem, a atualização cadastral e a solicitação do crédito estarão disponíveis de forma escalonada, conforme o mês de aniversário. A avaliação do cadastro é concluída em até dez dias, para liberação dos recursos. Para os nascidos em janeiro e fevereiro, a opção já está disponível a partir desta segunda-feira, seguindo até 27 de dezembro, com os nascidos em novembro e dezembro. A criação das contas digitais e o aplicativo Caixa Tem foram a solução encontrada pela Caixa para o pagamento do auxílio emergencial a pessoas vulneráveis durante a pandemia de covid-19. A atualização cadastral é necessária para dar à Caixa as informações necessárias para a avaliação de risco de crédito do cliente, uma vez que a Poupança Social Digital foi aberta sem todos os dados. Dessa forma, após a complementação do cadastro, a Poupança Social Digital, que viabiliza o crédito de benefícios sociais, será convertida em Poupança Digital, com a oferta de produtos e serviços bancários disponíveis em contas poupança tradicionais. A abertura de conta pelo aplicativo Caixa Tem para novos usuários será possível a partir do dia 8 de novembro, também de acordo com o mês de nascimento. As informações são da Agência Brasil.


IPCA-15 acumula alta de 7,02% no ano e 10,05% em doze meses

Foto: Alan Souza | Livramento Hoje
24.Set.2021 // 10:00

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) variou 1,14% em setembro, 0,25 ponto percentual (p.p.) acima da taxa de agosto (0,89%). Foi a maior alta mensal da prévia inflacionária do IBGE desde fevereiro de 2016. O indicador tem metodologia semelhante ao do IPCA – medidor oficial da inflação -, mudando apenas a o período de coleta dos preços. Com a aceleração deste mês, o IPCA-15 acumula alta de 7,02% no ano e 10,05% nos últimos doze meses. Houve alta em oito dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados. O maior impacto (0,46 p.p.) e a maior variação (2,22%) vieram do grupo Transportes, seguido de Alimentação e bebidas (1,27% e 0,27 p.p.). Os demais grupos ficaram entre o -0,01% de Educação e o 1,27% em habitação. Segundo o IBGE, o resultado do grupo Transportes foi influenciado pela alta dos combustíveis (3%), acima da registrada no mês anterior (2,02%). A gasolina subiu 2,85% e acumula aumento de 39,05% nos últimos 12 meses. Já em Alimentação e bebidas, a maior contribuição para o IPCA-15 de setembro foi do item alimentação no domicílio – que passou de 1,29% em agosto para 1,51%. O valor cobrado pelas carnes subiram 1,10% e contribuíram com 0,03 p.p. para o indicador. Os preços subiram também na batata-inglesa (10,41%), do café moído (7,80%), do frango em pedaços (4,70%), das frutas (2,81%) e do leite longa vida (2,01%).


Bancos têm até 4 de outubro para limitar PIX noturno a R$ 1 mil
24.Set.2021 // 06:01

Até 4 de outubro, as instituições financeiras deverão estabelecer o limite de R$ 1 mil para as transferências e pagamentos feitos por pessoas físicas entre as 20h e as 6h. A data de início das restrições foi aprovada nesta quinta-feira (23) pelo Banco Central (BC). As empresas não serão afetadas pela medida. A limitação das transações físicas havia sido anunciada em agosto pelo BC para reduzir os casos de sequestros e roubos noturnos, após pedidos das próprias instituições financeiras. O teto de R$ 1 mil para as operações noturnas vale tanto para o PIX, sistema de pagamento instantâneo em funcionamento há dez meses, como para outros meios de pagamento. Transferências via TED, DOC, pagamentos de boletos e compras com cartões de débitos também passarão a obedecer a esse limite. O cliente poderá alterar os limites das transações por meio dos canais de atendimento eletrônico das instituições financeiras. No entanto, os aumentos passarão a ser efetivados por pelo menos 24 horas após o pedido, em vez de concedidos instantaneamente, como fazem alguns bancos. Essa medida também deverá entrar em vigor até 4 de outubro. Até essa data, as instituições financeiras deverão oferecer aos clientes a opção de cadastrar previamente contas que poderão receber transferências acima dos limites estabelecidos.


Botijão pode passar de R$ 100 com disparada do preço internacional do gás

Foto: Alan Souza | Livramento Hoje
23.Set.2021 // 16:30

O aumento da cotação internacional do propano, matéria-prima do gás de cozinha, pressiona o preço do botijão, que deve passar a média dos R$ 100 em breve, na avaliação de especialistas. Puxada pela demanda chinesa por commodities petroquímicas, a cotação do propano nos Estados Unidos subiu quase 15% no período de um mês. Em 2021, o valor do produto acumula alta de 96%. Esse movimento afeta diretamente o Brasil. Segundo o Departamento de Energia dos Estados Unidos, os preços cresceram devido à alta demanda internacional e à menor oferta global. Isso faz com que o desequilíbrio seja internacional. Os preços na Ásia e na Europa, por exemplo, mais que dobraram em um ano. Diante da disparada da inflação e do desemprego, o consumidor brasileiro sente no bolso as elevadas cotações. Para tentar conter isso, a Petrobras mantém o mesmo preço do gás de cozinha desde julho. O último aumento foi de 6%. De acordo com cálculos da Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), a companhia vem operando abaixo da paridade de importação. A Petrobras afirma que “busca evitar o repasse imediato para os preços internos da volatilidade externa causada por eventos conjunturais”. Apesar disso, o produto está em alta na revenda. Na semana passada, o botijão atingiu R$ 98,33, o que representa uma alta de 1,5% em relação ao preço praticado na semana anterior.


Com inflação alta, salário mínimo já perdeu R$ 62 em poder de compra em 2021

Foto: Reprodução
15.Set.2021 // 12:00

O salário mínimo, de R$ 1.100 em 2021, está perdendo poder de compra rápido ao longo do ano, conforme a inflação avança e torna itens do dia a dia mais caros. Desde janeiro, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), o indicador oficial de inflação da baixa renda, já subiu 5,9%, numa das maiores altas para o período em duas décadas. Em oito meses, mais do que a inflação de outros anos inteiros. Em 2020, por exemplo, o INPC foi de 5,5% e, em 2019, 4,5%. Com isso, o salário mínimo, que foi reajustado pela última vez em janeiro, já perdeu R$ 62 de seu poder de compra: descontada a inflação, os R$ 1.100 de janeiro são o equivalente, hoje, a R$ 1.038, de acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O salário mínimo deve ser reajustado todo ano pelo menos para recompor a inflação do ano anterior, um direito que é garantido pela Constituição Federal. Esses reajustes são feitos pelo governo anualmente, geralmente em janeiro, e é normal, com isso, que o salário mínimo vá perdendo um pouco de seu poder de compra conforme os meses passam e a inflação avança. Ou seja, o piso nacional sempre chega ao fim do ano capaz de comprar um pouco menos do que comprava no início.


Presidente diz que Petrobras só fica com R$ 2 dos R$ 6 cobrados por litro de gasolina

Foto: Livramento Hoje
15.Set.2021 // 11:00

O presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, afirmou na última terça-feira (14) que dos cerca de R$ 6 que o consumidor brasileiro paga pela gasolina, apenas R$ 2 ficam com a Petrobras. “Essa parcela da Petrobras é para cobrir a produção, o refino, investimentos, juros da dívida, impostos e participações governamentais…”, afirmou, durante um debate na Comissão Geral da Câmara dos Deputados. Sobre os R$ 4 restante, o dirigente da petrolífera seguiu a mesma linha do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), de que o maior peso sobre o preço da gasolina é do ICMS, o imposto estadual que incide sobre o valor final na bomba. “Desses impostos, o que afeta porque acaba impactando todos os outros, é exatamente o ICMS. Aliás, qualquer termo dessa equação modificada, modifica a equação inteira. Necessariamente, quando há flutuação nos preços, não significa que a Petrobras alterou o preço dos seus combustíveis. É um efeito em cascata e gera alguma volatilidade”, disse. O presidente da Comissão de Minas e Energia da Câmara, o deputado Edio Lopes (PL-RR) rebateu a afirmação. Segundo o parlamentar seria “simplista” atribuir apenas ao imposto estadual os altos preços dos combustíveis. “Em 2011, a gasolina custava R$ 2,90. E a carga tributária era a mesma dos dias atuais. Portanto, o ICMS pesar no preço final do combustível é verdade. Mas é simplista dizer que só isso é a causa. Mesmo porque para se discutir qualquer alteração substancial na cobrança do ICMS, nós precisamos imperiosamente termos a coragem e a determinação de discutirmos o sistema tributário nacional. E não de forma isolada”, defendeu Lopes.


Microempreendedor deve regularizar dívidas até 31 de agosto; Bahia tem 370 mil inadimplentes

Foto: Reprodução
27.Ago.2021 // 12:00

Os Microempreendedores Individuais (MEI) devem regularizar as dívidas da arrecadação Simples Nacional até a próxima terça-feira (31).  Quem não regularizar a situação pode perder benefícios sociais e ter o nome inscrito na dívida ativa, pode perder o CNPJ e ainda pode perder a condição de segurado do INSS. Pode também perder contratos com empresas. Para regularizar a situação, o MEI deve acessar o site e gerar o Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS). Na Bahia, 667.769 têm o cadastro de MEI. Destes, 370 mil - 56% - estão inadimplentes.


Mega-Sena sorteia neste sábado (21) prêmio de R$ 41 milhões

Foto: Reprodução
21.Ago.2021 // 08:30

O concurso 2.402 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 41 milhões para quem acertar as seis dezenas que serão sorteadas às 20h deste sábado (21). O momento do sorteio será transmitido a partir do Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo, por meio de suas redes sociais, @loteriascaixaoficial. Apostas para a Mega-Sena podem ser feitas até as 19h nas casas lotéricas credenciadas, pela internet ou no aplicativo da loteria. O valor de um palpite simples é de R$ 4,50. O evento anterior, realizado na quarta-feira, dia 18, tinha um valor de R$ 34 milhões, mas acumulou. Os números sorteados no concurso 2.401 foram: 08 – 11 – 13 – 33 – 38 -48.


Mega-Sena sorteia R$ 65 mi nesta terça

Foto: Reprodução
10.Ago.2021 // 06:00

O concurso 2.398 da Mega-Sena pode pagar terça-feira (10) um prêmio de R$ 65 milhões para quem acertar as seis dezenas. Como o sorteio será realizado às 20h, em São Paulo (SP), as apostas poderão ser feitas até às 19h do dia do sorteio, em qualquer lotérica do Brasil ou por meio do site Loterias Caixa. O valor mínimo para participar é R$ 4,50.  Em homenagem ao Dia dos Pais, excepcionalmente, nesta semana, os sorteios serão terça, quinta e sábado, como parte da série especial Mega-Semana dos Pais. Normalmente os sorteios ocorrem às quartas e aos sábados.


Novo Bolsa Família será de, 'no mínimo', R$ 300, anuncia Bolsonaro

Foto: Reprodução
20.Jul.2021 // 10:15

O Governo Federal deve começar a pagar o novo Bolsa Família a partir de novembro, depois do fim do auxílio emergencial. O valor mínimo deve ser de R$ 300. As informações foram dadas pelo presidente Jair Bolsonaro em entrevista à TV Brasil. "Prorrogamos por mais três meses o auxílio. Pretendemos em novembro já ter o novo Bolsa Família, e o valor será, no mínimo, R$ 300. Hoje em dia, a média do Bolsa Família equivale a R$ 192, e vamos passar isso para R$ 300. É um pouco mais de 50% de reajuste", disse Bolsonaro. Em junho, Bolsonaro já tinha indicado que R$ 300 seria o valor do Bolsa Família. Na ocasião, porém, Bolsonaro disse que o benefício seria de, "em média", R$ 300, e não "no mínimo", como afirmou ontem. Vale lembrar que os recursos para o novo Bolsa Família serão definidos a partir dos rumos da reforma tributária no Congresso, segundo publicado em 1º de julho pelo jornal O Estado de S. Paulo.


Governo fixa percentual do biodiesel misturado ao óleo diesel em 12%

Foto: Reprodução | Agência Brasil
13.Jul.2021 // 06:00

O presidente Jair Bolsonaro aprovou resolução do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) que estabelece a redução do teor de mistura obrigatória do biodiesel no óleo diesel fóssil de 13% para 12%, válida no 81º Leilão de Biodiesel. Nos leilões anteriores, o percentual havia sido reduzido ao patamar de 10% em decorrência dos efeitos da valorização do custo do óleo de soja nos mercados brasileiro e internacional, combinados com a desvalorização cambial da moeda brasileira frente ao dólar, que tinha impulsionado as exportações de soja e também encarecido o valor do biodiesel produzido nacionalmente. Tal realidade acarretava a possibilidade de excessivo incremento do preço do óleo diesel por causa do aumento do biodiesel e, por isso, o percentual foi reduzido. Segundo o governo, a medida a fixação do percentual em 12% para o próximo leilão ocorre após a melhora no cenário do preço do biodiesel. “Com o arrefecimento dessa tendência de aumento do preço do biodiesel, fizeram-se presentes as justificativas técnicas para que, no 81º leilão, o percentual de mistura de biodiesel fosse fixado em 12%”, informou a Secretaria-Geral da Presidência da República, em comunicado à imprensa.


Novo aumento nos preços da gasolina, diesel e gás começa a valer nesta terça-feira (06)

Foto: Reprodução | Agência Brasil
06.Jul.2021 // 10:00

Os preços da gasolina, do diesel e do gás de cozinha (GLP) sobem nesta terça-feira (6) nas refinarias. De acordo com a Petrobras, a gasolina aumenta, em média, R$ 0,16 (6,3%), fazendo com que o litro do combustível saia de R$ 2,53 e chegue a R$ 2,69. O diesel tem média de R$ 0,10 (3,7%) por litro, e passa a custar R$ 2,81 nas refinarias da Petrobras. O gás de cozinha (GLP) para as distribuidoras sobe R$ 3,60 por quilograma (kg), refletindo um aumento médio de R$ 0,20 por kg. Segundo a Petrobras, os reajustes acompanham a elevação nos patamares internacionais de preços de petróleo e derivados. A empresa informa também que evita repassar imediatamente a volatilidade externa aos preços do mercado interno, mas busca o equilíbrio de seus valores com o mercado internacional e a taxa de câmbio. Segundo a estatal, tal alinhamento "é fundamental para garantir que o mercado brasileiro siga suprido sem riscos de desabastecimento pelos diferentes setores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileira".