Livramento Hoje

Busca pela categoria "Educação"

Reaplicação do Enem ocorrerá nos dias 9 e 16 de janeiro

Foto: Reprodução
03.Jan.2022 // 16:00

Nos dias 9 e 16 de janeiro será reaplicado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para os candidatos que fizeram a solicitação ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pela prova. Os casos nos quais a reaplicação é permitida são específicos e não valem para todos os candidatos. Entre as situações, a modalidade é destinada aos candidatos que não fizeram as provas em novembro de 2021 por estarem com sintomas de doenças contagiosas, como a covid-19, que tiveram problemas logísticos ou de infraestrutura, além de outras ocorrências que impossibilitaram a realização do exame na data que foi destinada a todos os candidatos. Para saber se o pedido de reaplicação foi aceito pelo Inep, o candidato deve acessar a página do Participante e conferir se o cartão de confirmação está disponível. Basta entrar com o login único da plataforma gov.br. O exame também será aplicado nos dias 9 e 16 de janeiro para presos, menores que cumprem medida socioeducativa e candidatos isentos que faltaram ao Enem 2020.


Renovação da matrícula para estudantes da rede estadual segue até 28 de dezembro

Foto: Alan Rich | Livramento Hoje
15.Dez.2021 // 09:00

Segue, até o dia 28 de dezembro, a renovação da matrícula para o ano letivo de 2022 dos estudantes da rede estadual de ensino devidamente matriculados e com frequência regular em 2021. Para a renovação de matrícula, o estudante maior de 16 anos ou responsável legal deverá comparecer à unidade escolar onde o estudante está matriculado para assinar a lista de renovação. Será obrigatória a atualização cadastral, com a apresentação do original e da cópia de documentos como CPF, Carteira de Identidade e Carteira de Vacinação. A orientação é para que os estudantes, pais ou responsáveis procurem verificar se há ausência de documentos junto à secretaria escolar.


Prazo para solicitar reaplicação do Enem termina hoje

Foto: Reprodução
Por: Agência Brasil no dia 03.Dez.2021 // 06:05

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021, que deixaram de fazer o exame por motivo de doença infectocontagiosa ou por problema de logística ou de infraestrutura, previstos nos editais das versões impressa e digital, têm até as 23h59 de hoje (3) para solicitar a reaplicação. Ela deve ser feita na Página do Participante, onde também será divulgado se o pedido foi aprovado. “São doenças infectocontagiosas consideradas como condições para a reaplicação: coqueluche, difteria, doença invasiva por Haemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, varíola, Influenza humana A e B, poliomielite por poliovírus selvagem, sarampo, rubéola, varicela e covid-19. É obrigatório inserir documento legível que comprove a doença”. Na documentação a ser enviada, por meio da Página do Participante, deve constar o nome completo da pessoa, o diagnóstico com a descrição da condição de saúde, o código correspondente à Classificação Internacional de Doença (CID 10), além da assinatura e da identificação do profissional competente, com o respectivo registro do Conselho Regional de Medicina (CRM), do Ministério da Saúde (RMS) ou de órgão competente, assim como a data do atendimento. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), podem também solicitar a replicação os candidatos que não conseguiram fazer o exame por problemas logísticos, de infraestrutura ou outras ocorrências específicas. Entre elas estão desastres naturais que prejudicaram a aplicação do exame, devido ao comprometimento da infraestrutura do local, à falta de energia elétrica que comprometa a visibilidade da prova pela ausência de luz natural, falha no dispositivo eletrônico fornecido ao participante ou erro de execução de procedimento de aplicação, que incorra em comprovado prejuízo ao inscrito.


Enem 2021: Gabarito oficial é divulgado pelo Inep

Foto: Reprodução
01.Dez.2021 // 16:00

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teve seus gabaritos oficias da edição 2021 divulgados. As informações que saíram nesta quarta-feira (1º) valem tanto para a versão impressa quanto para a digital das provas. A questão 157 da prova rosa foi anulada. Ela falava sobre a Copa do Brasil e não possuía entre as opções uma resposta correta. O item apareceu na prova azul como questão 138, como 155 da prova cinza e 178 da prova amarela. É possível acessar os gabaritos no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação da prova. O resultado final das provas objetivas e da redação sai apenas em 11 de fevereiro.


Estudante que se atrasou para o Enem por amamentar filho ganha bolsa de estudos

Foto: Reprodução | Redes Sociais
23.Nov.2021 // 15:00

A estudante de 26 anos que se atrasou para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) porque estava amamentando o filho nesse domingo (21) no Recife ganhou uma bolsa de estudos. Débora Gomes é mãe de duas crianças. "Tenho um bebê de cinco meses e ele mama. Foi por causa da amamentação que demorei", disse a jovem. Débora foi procurada por algumas faculdades e aceitou uma bolsa integral de uma instituição no Recife. "Foram oferecidas bolsas de algumas faculdades com 100% de gratuidade. Estou muito grata, primeiramente a Deus, e, segundamente, à faculdade [que ela escolheu]", conta. A jovem ainda não decidiu qual curso vai fazer, mas afirmou que está avaliando e decidindo.Débora disse que não imaginava tanta repercussão. "Estou muito entusiasmada e pretendo investir nos estudos, para que possa entrar no mercado de trabalho e continuar na luta pela concretização dos meus objetivos", diz.



PM monta operação especial para Enem 2021 na Bahia

Foto: Alan Rich | Livramento Hoje
19.Nov.2021 // 05:01

Mais de três mil policiais militares serão mobilizados para oferecer mais segurança aos mais de 300 mil estudantes inscritos na prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021, que acontece neste domingo (21) em 162 municípios baianos. O policiamento será realizado a pé e motorizado no entorno dos 1.106 locais de aplicação de prova com o emprego de equipes das tropas convencionais e das unidades especializadas. O planejamento operacional da PM-BA começou em abril deste ano com a confirmação da realização do Enem. Já o trabalho operacional teve início no dia 5 de novembro, quando as primeiras aeronaves chegaram a Salvador e as provas foram transportadas pelos Correios até o Batalhão do Exército com a escolta da PM. Ainda entre as ações, a PM inicia nesta sexta-feira (19) a escolta da rota dos centros de distribuição dos Correios até os locais de realização de provas, bem como a logística inversa. A operação especial só termina na próxima terça-feira (23) com a escolta reversa das provas preenchidas até os aeroportos.


MEC informa que Enem será mantido, após exonerações no Inep

Foto: Reprodução
09.Nov.2021 // 09:00

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, em nota, nesta segunda-feira (8), que o cronograma de execução do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 está mantido e não será afetado pelos pedidos de exoneração de servidores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). “As provas do exame se encontram com a empresa aplicadora e o Inep está monitorando a situação para garantir a normalidade de sua execução”, afirma a instituição. A pasta esclarece que os servidores colocaram à disposição os cargos em comissão ou funções comissionadas das quais são titulares, mas que continuam à disposição para exercer as atribuições dos cargos até o momento da publicação do ato no Diário Oficial da União (DOU).


Começa hoje prazo para universidades públicas aderirem ao Sisu

Foto: Reprodução | Agência Brasil
08.Nov.2021 // 16:30

Começa hoje e vai até sexta-feira (12), o prazo de adesão das instituições de educação superior públicas à primeira edição de 2022 do Sistema de Seleção Unificado (Sisu). O programa do Ministério da Educação (MEC) dá acesso a cursos de graduação em universidades públicas do Brasil. As vagas são abertas duas vezes por ano. De acordo com as regras, é de exclusiva responsabilidade da instituição participante do Sisu descrever, no documento de adesão, as condições específicas de concorrência às vagas por ela ofertadas. De 15 a 19 de novembro, as instituições podem retificar, se for o caso, informações constantes nos documentos de adesão, que deverão ser assinados digitalmente, exclusivamente, por meio do sistema de gestão do Sisu. Segundo o edital, as instituições de educação superior que aderirem ao Sisu devem divulgar, tanto em suas páginas na internet como em locais de grande circulação de estudantes, as condições específicas de concorrência às vagas ofertadas no âmbito do Sisu.


Enem 2021: Inep libera cartão de confirmação; provas acontecem em 21 e 28/11

Foto: Reprodução
04.Nov.2021 // 00:01

O cartão de confirmação de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 foi liberado hoje (3). O cartão está disponível na página do participante. A aplicação da prova digital e impressa será nos dias 21 e 28 de novembro. Estão disponíveis no cartão informações como número de inscrição, data, local, horário das provas e opção por atendimento especializado. O documento não é obrigatório, mas o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) recomenda que os estudantes levem o cartão nos dias de aplicação do exame. De acordo com o Inep, 3,1 milhões de inscritos devem fazer o Enem 2021. 3 milhões vão realizar provas impressas e 68,8 mil farão a modalidade digital. Os itens das duas versões de avaliação serão idênticos. As informações são da Agência Brasil.


Enem 2021: terminam hoje inscrições para pessoas privadas de liberdade

Foto: Reprodução
24.Set.2021 // 11:00

Termina hoje (24) o prazo de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade ou jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade, o Enem PPL 2021. As provas serão aplicadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) nos dias 9 e 16 de janeiro de 2022.  As inscrições devem ser feitas no site do Inep pelo responsável pedagógico da unidade prisional ou socioeducativa. O responsável pedagógico é o encarregado por acompanhar todas as etapas do exame até a divulgação dos resultados. Entre as obrigações estão solicitar atendimento especializado e tratamento pelo nome social para os participantes que precisarem. O prazo para essas solicitações também acaba hoje. Também cabe ao responsável pedagógico manter, sob sua guarda e sigilo, a senha de acesso ao sistema e os números de inscrição e de Cadastro de Pessoa Física (CPF) dos participantes. Os dados são indispensáveis para o acompanhamento do processo de inscrição e a obtenção dos resultados individuais. O Enem PPL tem o mesmo nível de dificuldade do Enem regular. A única diferença está na aplicação, que ocorre dentro de unidades prisionais e socioeducativas indicadas pelos órgãos de administração de cada estado e do Distrito Federal. O exame é aplicado desde 2010 pelo Inep, em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio do Departamento Penitenciário Nacional (Depen). Além de permitir o acesso ao ensino superior, o Enem PPL visa contribuir para elevar a escolaridade da população prisional brasileira.


Reabertas inscrições do Enem para isentos ausentes no exame de 2020

Foto: Reprodução
14.Set.2021 // 13:00

As inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 começam hoje (14) para os estudantes de baixa renda que tiveram isenção de taxa na edição do exame em 2020 e não compareceram às provas. Elas podem ser feitas na Página do Participante, sem que seja necessário justificar a ausência no Enem 2020 ou pagar a taxa de inscrição. O prazo vai até 26 de setembro e as inscrições são exclusivas para o Enem impresso. Os isentos ausentes no Enem 2020 também poderão solicitar, até 27 de setembro, o atendimento especializado e tratamento pelo nome social. Para esse público, as provas do Enem 2021 serão aplicadas em 9 e 16 de janeiro de 2022, mesma data da realização do Enem para Pessoas Privadas de Liberdade e jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Enem PPL). A aplicação das provas nos dias 21 e 28 de novembro de 2021 está mantida para todos os participantes que já tiveram a inscrição confirmada no exame, conforme previsto no edital regular. Ao todo, 3.109.762 pessoas foram confirmadas para o Enem 2021, nas duas versões do exame, impressa e digital. Esse foi o menor número de inscrições desde 2005. Decisão do STF
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) reabriu o prazo de inscrição para os isentos ausentes no Enem 2020 em cumprimento a uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). A medida foi formalizada hoje (14) em edital complementar publicado no Diário Oficial da União. O valor da taxa de inscrição no Enem é de R$ 85 e, pelas regras do primeiro edital, quem teve direito à isenção no Enem 2020, mas faltou à prova, só poderia obter nova gratuidade no Enem 2021 se conseguisse justificar a ausência. As justificativas precisavam ser comprovadas documentalmente, bem como se encaixar nas hipóteses previstas, que incluíam situações como acidentes de trânsito, morte de familiar, emergências médicas e assaltos, entre outras. Entretanto, o STF entendeu que, em razão da pandemia de covid-19, as provas do ano passado foram aplicadas em um contexto de anormalidade, e a exigência de comprovação documental para os ausentes viola diversos preceitos fundamentais, entre eles o do acesso à educação e o de erradicação da pobreza. Além disso, a obrigação imposta pelo edital penaliza os estudantes que fizeram a “difícil escolha” de faltar às provas para atender às recomendações das autoridades sanitárias de evitar aglomerações. Quem estivesse com covid-19 ou tivesse contato com alguém infectado também poderia apresentar essa justificativa. Mas o candidato que faltou somente pelo medo de contaminação, por exemplo, ou que não pudesse comprovar com documentos nenhuma outra razão para a falta, não estaria coberto pela gratuidade na edição do exame deste ano. Quem tem direito à isenção?
O novo prazo para inscrição com isenção da taxa vale para aqueles que comprovarem ter direito à gratuidade, mas sem que precisem justificar falta em edição anterior do exame. Pessoas que cursaram todo o ensino médio em escola pública ou que foram bolsistas integrais durante toda a etapa em escolas particulares têm direito à gratuidade na inscrição do exame. Alunos que estão cursando a última série do ensino médio na rede pública, no ano de 2021, também podem pedir a isenção. O mesmo vale para quem está em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda. Nesse caso, é preciso comprovar a inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).


Prazo para pedir reaplicação do Encceja 2020 termina nesta sexta

Foto: Divulgação | MEC
27.Ago.2021 // 07:30

Pessoas com sintomas de covid-19 ou outras doenças contagiosas não devem comparecer ao local de provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2020 marcadas para o próximo domingo, (29). A orientação é do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que pede para que esses participantes solicitem a reaplicação do exame. A solicitação deve ser feita até as 12h desta sexta-feira (27), por meio do Sistema Encceja e mediante comprovação da condição de saúde. Nesta edição, o Encceja será aplicado para mais de 1,6 milhão de pessoas, em 622 cidades brasileiras. O exame é voltado para quem não concluiu os estudos na idade apropriada. Por meio do Encceja, os participantes têm a oportunidade de conseguir a certificação tanto para o ensino fundamental quanto para o ensino médio. Podem entrar com o pedido de reaplicação de prova pessoas que apresentaram sintomas de covid-19 ou de outra doença infectocontagiosa prevista no edital, como coqueluche, difteria, doença invasiva por Haemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, varíola, influenza humana A e B, poliomielite por poliovírus selvagem, sarampo, rubéola ou varicela. Os casos serão analisados individualmente pelo Inep e os resultados, divulgados neste sábado (28), na página do exame. A reaplicação ocorrerá nas mesmas datas de aplicação do Encceja para Pessoas Privadas de Liberdade ou sob medida socioeducativa 2020: 13 e 14 de outubro.
Documentos 
Para que o Inep analise os pedidos, a pessoa deverá inserir, obrigatoriamente, no momento da solicitação, documento legível que comprove a condição. Em casos de covid-19, o resultado do exame positivo para o novo coronavírus poderá ser utilizado para a comprovação. Quanto à documentação comprobatória das demais doenças previstas no edital, é necessário constar o nome completo do participante, o diagnóstico com a descrição da condição, o código da Classificação Internacional de Doença (CID 10), além da assinatura e da identificação do profissional que realizou o diagnóstico, com o registro do Conselho Regional de Medicina, do Ministério da Saúde ou de órgão competente, assim como a data do atendimento. O documento precisa ser anexado em formato PDF, PNG ou JPG, no tamanho máximo de 2 MB.


Abertas as inscrições para lista de espera do ProUni

Foto: Reprodução
17.Ago.2021 // 09:30

Estudantes que não foram selecionados na segunda chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) terão uma última chance de entrar este ano. Hoje (17) e amanhã (18) estão abertas as inscrições na lista de espera. O resultado será divulgado na próxima quarta-feira (20). Os selecionados no programa podem receber bolsas de 50% ou 100% em instituições de todo o país. Documentação; Segundo o Ministério da Educação, os selecionados nessa etapa terão entre os dias 23 e 27 de agosto para comprovar as informações prestadas por meio de documentação. No segundo semestre de 2021, o programa oferece 134.329 bolsas de estudo - 69.482 integrais e 64.847 parciais - em mais de 10 mil cursos de quase mil instituições particulares de ensino superior. Critérios; Para obter uma bolsa integral, o interessado precisa comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. No caso de bolsas parciais (50%), é preciso comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa da família, de até três salários mínimos.


Reunião entre APLB e governo da Bahia sobre aulas presenciais permanece sem acordo

Foto: Divulgação
Por: Márcio Do Amaral Raffaele no dia 12.Ago.2021 // 09:30

Representantes do governo da Bahia e o Sindicato dos Professores (APLB) segue sem um acordo sobre o retorno das aulas presenciais na rede estadual após reunião que aconteceu na quarta-feira (11). O sindicato reforça que os professores retornem às salas somente 15 dias após receberem a segunda dose da vacina contra a Covid-19. “Pedimos ao governo que garantisse a conclusão da vacinação dos profissionais de ensino até o dia 10 de setembro, mas não houve acordo. O governador segue irredutível na decisão de manter as escolas abertas, mesmo sem estrutura nas unidades e vários casos de contaminação de professores e alunos após a volta presencial”, enfatiza Rui Oliveira, coordenador-geral da APLB. As aulas no modelo híbrido para o Ensino Médio tiveram início no dia 26 de julho, e para o Ensino Fundamental começaram na última segunda-feira (9), ambas com baixa adesão dos professores.


Resultado do Sisu deve ser divulgado nesta terça-feira

Foto: Reprodução
10.Ago.2021 // 08:00

O resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), deve ser divulgado nesta terça-feira (10). A seleção oferece vagas em instituições públicas de ensino superior por meio da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A ação está prevista no calendário oficial do Ministério da Educação (MEC). Os selecionados para uma das vagas deverão realizar a matrícula de 11 a 16 de agosto de acordo com o calendário divulgado por cada instituição .Quem não conseguir de primeira em nenhuma das suas duas opções de curso escolhidas poderá se inscrever na lista de espera entre os dias 10 e 16 de agosto. O resultado será divulgado no dia 18 e a convocação para matrícula acontece no dia 19. Neste segundo semestre, o Sisu vai disponibilizar 62.365 vagas em universidades e outras instituições de ensino superior.