Livramento Hoje

Busca pela categoria "Educação"

Bahia tem 54 estudantes na final da Olimpíada Nacional em História do Brasil

Foto: Reprodução | Sec Educação
19.Jun.2021 // 12:00

A Bahia tem 54 equipes finalistas na 13ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), que é promovida pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Na rede estadual de ensino, o programa Bahia Olímpica, desenvolvido pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), mobiliza os estudantes para que participam das olimpíadas nas diferentes áreas do conhecimento, como forma de fortalecer as aprendizagens. O Colégio Estadual Dr. José Carlos Bezerra Carvalho, em Paripiranga, tem duas equipes na final, com seis estudantes envolvidos. A unidade escolar desenvolve o Bahia Olímpica durante o ano e o interesse pela História tem conquistado cada vez mais estudantes. No ano passado, três equipes foram finalistas e conquistaram a medalha de cristal, de honra ao mérito. Neste ano, foram escritas dez equipes na ONHB, com 30 estudantes. Josefa Marcela Santos de Jesus, 17 anos, 3º ano, é uma das finalistas e fala da alegria por ter passado pelas seis fases anteriores. “Estou muito feliz com o resultado. Fizemos tudo pelo Google Meet e WhatsApp e além do que aprendi, fiz várias amizades pelo contato com equipes de outros estados. Agora, pretendo estudar mais para a final no dia 16 de agosto e conquistar uma medalha. Estou muito orgulhosa e a minha família toda também”, afirmou. A orientação dos estudantes foi realizada virtualmente pelos professores orientadores Edson Peixoto, Sandra Correia e Elisa Ribeiro. “O projeto reúne estudantes de várias séries, que ganham uma experiência imensa para todos os componentes curriculares. Eles entendem o aprendizado como algo contínuo e que não se acaba, são destaque em todas as atividades da escola e quando saem daqui ingressam no Ensino Superior. O Programa Bahia Olimpíada é certeiro nisso, no incentivo ao protagonismo estudantil”, comentou a professora Elisa. Ao todo são 415 grupos de 99 cidades de todos os estados do país que irão concorrer a medalhas de bronze, prata e ouro da ONHB, em uma cerimônia on-line, em 12 de setembro. A região Nordeste é a que tem maior número de equipes na final da ONHB. Juntos, elas somam 285 grupos.


Enem: estudantes têm dificuldade para acessar pedido de isenção de taxa

Foto: Reprodução
15.Jun.2021 // 14:17

Os candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 que tiveram o pedido de isenção da taxa de inscrição indeferido podem entrar com recurso do dia 14 até o dia 18 de junho. Os resultados dos recursos estão previstos para serem divulgados no próximo dia 25. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), a aprovação da justificativa ou da solicitação de isenção não garante a inscrição no Enem 2021. As inscrições deverão ser realizadas normalmente, entre 30 de junho e 14 de julho, por meio da Página do Participante.


Enem 2021 está marcado para 21 e 28 de novembro

Foto: Marcello Casal | Jr Agência Brasil
Por: Agência Brasil no dia 02.Jun.2021 // 07:00

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, anunciou as datas das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2021. Pelo Twitter, ele informou que as provas serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro, para as versões impressa e digital. "Conforme eu já havia anunciado dias atrás, o Enem 2021 acontecerá e será aplicado neste ano. As provas serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro, para as versões impressa e digital. É isso mesmo! A mesma prova, nas mesmas datas, para as duas modalidades", postou o ministro na rede social. Realizado anualmente, o Enem é o maior exame para ingresso no ensino superior do país, contando com milhões de inscrições em todo o território nacional. As notas do Enem podem ser usadas para participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).


Portaria do Inep não inclui aplicação do Enem em 2021

Foto: ESTADÃO CONTEÚDO
15.Mai.2021 // 10:00

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou uma portaria com as metas globais para este ano, mas não incluiu a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O documento aponta as atividades para o ciclo de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2021, cita o “planejamento e preparação técnica” para a prova nacional, mas não fala em aplicação. Apesar de excluir o Enem, o Inep acrescentou entre as metas a realização de outras provas como o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras) e Exame Nacional de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). Em nota ao G1, o Inep afirmou que trabalha junto ao Ministério da Educação “para realizar o Enem em 2021. O edital referente aos pedidos de isenção da taxa de inscrição já foi inclusive publicado. O sistema será aberto para solicitações de isenção na próxima semana, em 17 de maio”. O edital citado pelo instituto não estipula data da abertura das inscrições ou realização da prova.


Começam inscrições para bolsas remanescentes do Prouni

Foto: Reprodução
03.Mai.2021 // 07:00

Começam hoje (3) as inscrições para o processo seletivo de bolsas remanescentes do Programa Universidade para Todos (Prouni), para o primeiro semestre deste ano. As inscrições devem ser realizadas, exclusivamente, na página do Prouni até as 23h59 de amanhã (4), e o resultado será divulgado na sexta-feira (7). As bolsas remanescentes são aquelas não preenchidas no processo seletivo, nas duas chamadas regulares e também na lista de espera do programa. A disponibilidade dessas bolsas ocorre por desistência dos candidatos pré-selecionados ou falta de documentação, por exemplo. O Ministério da Educação (MEC) ainda não divulgou a quantidade de vagas remanescentes. Neste semestre, o Prouni ofereceu, no total, mais de 162 mil bolsas. O Prouni é o programa do governo federal que oferece bolsas de estudo, integrais e parciais (50%), em instituições particulares de educação superior. Para ter acesso à bolsa integral, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa. Para a bolsa parcial, a renda familiar bruta mensal deve ser de até 3 salários mínimos por pessoa. É necessário também que o estudante tenha cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou da rede privada, desde que na condição de bolsista integral. Professores da rede pública de ensino também podem disputar uma bolsa, e, nesse caso, não se aplica o limite de renda exigido dos demais candidatos.


Adicione

Participe

Reclame

Denuncie