Livramento Hoje

Busca pela categoria "Esporte"

Brasil, invicto, enfrenta Colômbia pela Copa América 2021

Foto: Divulgação | CBF
23.Jun.2021 // 11:00

A seleção brasileira de futebol volta a campo na noite desta quarta-feira (23) para enfrentar a Colômbia pela 4ª rodada do grupo B da Copa América 2021. O duelo das 21h desta noite no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, colocará frente a frente o Brasil, líder da chave com seis pontos e 100% de aproveitamento, e a Colômbia, vice-líder com quatro pontos. Mesmo com time já classificado às quartas de final, o técnico Tite vai mandar a campo uma equipe em busca da vitória para garantir a liderança da chave. Os últimos trabalhos da seleção na Granja Comary, em Teresópolis, não teve a presença da imprensa e nem a escalação para o jogo foi confirmada. Mas é provável que a seleção entre em campo com Weverton, Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi; Casemiro, Douglas Luiz e Everton Ribeiro; Richarlison, Neymar e Gabriel Jesus. Do lado da Colômbia, o time pode se classificar mesmo perdendo o jogo. Para que isso aconteça basta que o Equador não ganhe do Peru, em partida que começa às 18h desta quarta. Na campanha pela Copa América, a Colômbia tem uma vitória (1×0 sobre o Equador), um empate (0x0 contra a Venezuela), e uma derrota (2×1 para o Peru). A seleção da Colômbia tevera ter Ospina, Medina, Mina, Davinson Sánchez e Tesillo; Cuéllar, Uribe e Barrios; Cuadrado, Luis Díaz e Borja. Com o técnico Tite comandando a equipe nacional, as duas seleções já se enfrentaram em quatros oportunidades. Foram duas vitórias brasileiras e dois empates. No último duelo, ocorreu um empate por 2 a 2, em setembro de 2019, em Miami (EUA). No retrospecto geral, são 31 jogos. O Brasil tem 18 vitórias, dez empates e apenas três derrotas.


Conmebol divulga que Copa América já tem 140 casos de Covid-19

Foto: Conmebol
21.Jun.2021 // 20:02

Um novo relatório da Conmebol sobre número de infectados pela Covid-19 na Copa América, no Brasil, foi divulgado nesta segunda-feira (21) e, de acordo com o documento, 140 pessoas testaram positivo. O último comunicado, publicado na quinta-feira, informava 66 casos. Segundo a Confederação, foram realizados 15.235 testes até agora. A quantidade de positivados representa, portanto, 0,9%. A entidade não informou quantos casos são de delegações estrangeiras participantes da competição. Conforme a nota, a maioria vem de “operários e empregados terceirizados”. Já houve casos nas seleções da Venezuela, Colômbia, Chile e Bolívia, além do Peru, que teve um diagnóstico detectado antes mesmo de a delegação embarcar para o Brasil. Por conta dos casos de Covid, a Conmebol alterou o regulamento da Copa América, que antes limitava a cinco as substituições de atletas infectados. Agora, não há mais limites.


Copa América já registra 66 casos confirmados de Covid-19

Foto: Reprodução
19.Jun.2021 // 08:00

Segundo informações do Ministério da Saúde, até a última quinta-feira (17) 66 pessoas envolvidas na realização da Copa América já testaram positivo para Covid-19. Até a última quarta-feira (16), eram 53 casos confirmados da doença. De acordo com informações da pasta, dos 66 confirmados com Covid-19, 27 são de jogadores e membros de delegações e 39 de prestadores de serviços. Apenas entre os que prestam serviços ao evento, o aumento foi de 13 casos confirmados em 24 horas, entre a quarta (16) e a quinta (17). Dentre os servidores, os registros aconteceram em Brasília, Goiânia e no Rio de Janeiro. Já sobre os 19 atletas positivados, eles fazem parte das seleções da Venezuela, Colômbia e Bolívia. O ministério informou que foram realizados 6.521 testes de RT-PCR entre todos os envolvidos no evento e que os sequenciamentos genéticos estão sendo estudados, para averiguar possíveis variantes. Os resultados do sequenciamento serão divulgados em até 14 dias.


Seleção Brasileira vence Peru por 4 a 0  e segue invicta na Copa América

Foto: Lucas Figueiredo | CBF
17.Jun.2021 // 23:00

O Brasil venceu o Peru por 4 a 0 em partida pela Copa América na noite desta quinta-feira (17). O palco para a segunda vitória da seleção brasileira na competição foi o estádio Nilton Santos (Engenhão), no Rio de Janeiro. Alex Sandro, Neymar, Everton Ribeiro e Richarlison foram os autores dos gols. Logo no início da partida o Brasil abriu vantagem diante da seleção peruana; aos 11 minutos do primeiro tempo o lateral-esquerdo Alex Sandro abriu o placar, após passe de Gabriel Jesus. Este foi o segundo gol camisa 6 pela seleção.  Neymar ampliou o placar com um gol no segundo tempo. Este foi o quarto jogo consecutivo com gol do camisa 10 pela seleção brasileira. O meia Everton Ribeiro marcou o terceiro gol da seleção brasileira já no fim da partida, aos 43 minutos do segundo tempo. Antes de o juiz apitar o final do jogo, Richarlison fez o quarto gol do Brasil aos 46 minutos. A seleção peruana, que fez hoje seu jogo de estreia na Copa América, não passa por boa fase. A equipe atualmente ocupa a última colocação das eliminatórias da Copa do Mundo. Em seis jogos, o time teve uma vitória, um empate e quatro derrotas. O atacante Paolo Guerrero, um dos destaques da seleção do Peru, pediu para não ser convocado para a Copa América. O jogador disse que voltou a sentir dores no joelho direito; ele rompeu o ligamento no joelho em agosto de 2020. O Brasil venceu a Venezuela no último domingo (13), no jogo de abertura da edição de 2021 da Copa América. A seleção brasileira, atual campeã da competição, fez 3 a 0 na partida disputada no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.


Brasil e Peru se enfrentam pela segunda rodada da Copa América 2021

Foto: Reprodução | CBF
17.Jun.2021 // 10:00

O Brasil enfrenta o Peru, nesta quinta-feira (17),  pela segunda rodada da Copa América 2021. A bola rola às 21h (horário de Brasília) no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), em duelo que reedita a final da última edição do torneio. Depois de derrotar a Venezuela por 3 a 0 na estreia, a Seleção Brasileira sabe que uma vitória nesta quinta pode encaminhar a classificação para a próxima fase da competição. Mas a tarefa não promete ser fácil, ainda mais diante de um adversário tão conhecido: desde o início da última Copa América, este será o quinto confronto entre as duas equipes. Muito por conta disso, o técnico Tite preferiu não revelar o time que entrará em campo, mas destacou que, mesmo com mudanças, o objetivo é apresentar uma Seleção com o mesmo padrão de jogo e bom desempenho dos últimos jogos.


Vitória fica no empate com o Remo e segue sem vencer na Série B

Foto: EC/Vitória
17.Jun.2021 // 08:00

Em um jogo fraco tecnicamente, o Vitória ficou no empate em 0 a 0 com o Remo, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com o resultado, o Leão da Barra somou o seu terceiro ponto na competição. O Rubro-Negro criou duas oportunidades claras em todo o jogo, mostrando que a partida não foi das melhores da equipe baiana. Com esse resultado, o time segue sem vencer nas quatro primeiras rodadas e só balançou as redes adversárias em uma oportunidade, na estreia contra o Guarani. O próximo compromisso do Leão será contra o Brusque no sábado (19), às 19h, no Barradão, pela quinta rodada da competição.


Copa América: Brasil vence a Venezuela na estreia por 3 a 0

Foto: Divulgação
14.Jun.2021 // 07:00

A seleção brasileira estreou neste domingo (13), na Copa América 2021 com vitória diante da Venezuela por 3 a 0. A abertura do torneio que teve o país anunciado como sede há duas semanas foi no estádio Mané Garrincha, em Brasília, e reuniu um time que não queria disputá-la e outro acometido por um surto de Covid-19. Os gols foram marcados por Marquinhos, no primeiro tempo, em jogada aérea, Neymar, que converteu pênalti sofrido por Danilo no segundo tempo, e Gabigol, em assistência do atacante do PSG. Os próximos jogos das duas seleções serão na quinta-feira. O Brasil enfrenta o Peru às 21h, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, enquanto a Venezuela entra em campo três horas antes para enfrentar a Colômbia, em Goiânia. O primeiro gol do Brasil saiu aos 22 minutos do primeiro tempo a partir de uma jogada aérea que é especialidade tanto do time, quanto do autor do gol, o zagueiro Marquinhos. Neymar cobrou escanteio pelo lado esquerdo do ataque, a bola desviou e sobrou para o zagueiro finalizar de canhota. Um gol de centroavante do zagueiro brasileiro. Desfalcada de uma série de jogadores por causa da Covid, a Venezuela entrou em campo para se defender e dificultar ao máximo o jogo do Brasil em sua formação alternativa. O time se organizou defensivamente no 5-4-1, enquanto o Brasil atacou no 2-3-5, com praticamente cinco atacantes para criar em pouco espaço. O jogo ficou bastante travado, muito pela insistência da Venezuela em marcar. Até que Danilo fez tabela com Everton Ribeiro, que tinha entrado há pouco, e sofreu pênalti. Neymar bateu e converteu para definir a vitória. Ainda deu tempo de o atacante do PSG fazer uma excelente jogada pela esquerda e dar assistência para Gabigol meter o terceiro.


STF forma maioria para rejeitar ação contra Copa América

Foto: Reprodução | Agência Brasil
11.Jun.2021 // 09:00

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria para rejeitar uma das ações que buscava impedir a realização da Copa América no Brasil por causa da pandemia de covid-19, em julgamento no plenário virtual da corte na quinta-feira, 10. Dessa forma, se não houver reversão dos votos até o final do julgamento, o torneio de futebol continental será liberado. A competição está prevista para começar no próximo domingo em Brasília. A relatora dessa ação, ministra Cármen Lúcia, justificou a recusa da ação pela "carência de atendimento aos pressupostos processuais", como a ausência de indicação do ato do Poder Executivo a ser revogado na Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF). Ela disse, no entanto, que a recusa da ação "não exime os agentes públicos competentes de adotarem decisões e providências sanitárias, de segurança pública e outras que deem cumprimento aos protocolos adotados no plano nacional, estadual e local e ainda daqueles que venham a ser necessários para que se completem todas as medidas para prevenir, dificultar e tratar os riscos e sequelas de transmissão, contaminação e cuidado pela covid-19". Até o momento, a relatora foi acompanhada por outros cinco ministros: Marco Aurélio Mello, Edson Fachin, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Dias Toffoli, responsável pelo voto que deu maioria. Embora isso não signifique um resultado definitivo, o julgamento dessa ação pode indicar uma tendência de entendimento do Supremo para os outros dois processo que também estão em julgamento virtual com questionamento à realização da competição esportiva.


Brasil vence o Paraguai em Assunção e segue 100% nas Eliminatórias

Foto: Norberto Duarte | AFP
09.Jun.2021 // 07:00

A seleção brasileira segue 100% nas Eliminatórias da Copa do Mundo. São seis jogos, seis vitórias e seis pontos de vantagem para o segundo colocado. A equipe treinada por Titi venceu o Paraguai pelo placar de 2 a 0 nesta terça-feira (8). Os gols brasileiros foram marcados por Neymar, aos três minutos do primeiro tempo e Paquetá, no último minuto da partida. Com a vitória, o Brasil chega a 18 pontos, já o Paraguai segue com 7 pontos e aparece na sexta colocação. As duas seleções só voltam a campo pela competição em setembro. Antes, porém, têm pela frente a disputa da Copa América, prevista para ter início no próximo domingo, dia 13 de junho, com partida brasileira caso não aconteça nenhuma mudança. A previsão é que a Seleção enfrente a Venezuela, às 18h, no Mané Garrincha, pela primeira rodada.


STF marca sessão emergencial para tratar suspensão da Copa América

Foto: Tânia Rêgo | Agência Brasil
08.Jun.2021 // 22:00

O Supremo Tribunal Federal (STF) marcou para quinta-feira (10) uma sessão extraordinária de urgência para decidir se será realizada ou não a Copa América no Brasil. A audiência faz parte de um processo impetrado pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) e o deputado federal Júlio César Delgado, que tem a relatoria da ministra Cármen Lúcia, responsável por solicitar a sessão, que foi aceita pelo presidente do STF, Luiz Fux. De acordo com o despacho de Cármen Lúcia, os ministros deverão analisar em plenário, ao longo de 24 horas, como proceder com a competição. Ela argumentou que a marcação da sessão se deve à “urgência e relevância do caso e da necessidade de sua célere conclusão, considerando que se noticia o início da competição desportiva questionada para o próximo dia 13 de junho”. Sustentações orais feitas pelos advogados das partes, ou seja, do PSB e da presidência da República, já estão autorizadas a serem feitas amanhã (9), para que depois os ministros apresentem seus votos. O processo foi distribuído no STF no dia 1º de junho, apenas um dia após o anúncio por parte da Conmebol de que a Copa América viria para o Brasil. O Brasil virou sede da Copa América após a Colômbia e a Argentina se recusarem a receber a competição. No caso dos colombianos, houve uma onda de protestos nas ruas que deixou a população em risco de segurança. Já o governo argentino temeu um aumento ainda maior de casos de Covid-19 no país. A CBF, portanto, deu resposta positiva para a Conmebol após obter o aval do governo. O então presidente da entidade, Rogério Caboclo, acionou diretamente Jair Bolsonaro no último dia 31, recebendo “caminho livre” para organizar a competição em território brasileiro.


Jogadores da seleção brasileira decidem disputar a Copa América

Foto: Divulgação
07.Jun.2021 // 14:00

A Copa América 2021 ganhou novidades nesta segunda-feira (7). Os jogadores da Seleção Brasileira decidiram que vão disputar a competição, que será sediada no Brasil. Segundo informações, os jogadores farão um manifesto contra o torneio após a partida contra o Paraguai, nesta terça-feira (8). No entanto, o movimento para não jogar perdeu força e a decisão é de disputar o torneio oficial da Conmebol. O Brasil estreia diante da Venezuela, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. A Seleção deve disputar a Copa América com praticamente o mesmo elenco que está jogando as Eliminatórias. O técnico Tite pode chamar ainda mais três jogadores para o torneio. A convocação será na quarta-feira (9).


Próximo dos 463 mil óbitos por Covid, Brasil confirma Copa América daqui a doze dias

Foto: Divulgação
02.Jun.2021 // 08:00

O presidente Jair Bolsonaro confirmou a realização da Copa América no Brasil. A decisão saiu pouco antes das 18h e foi publicada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Ramos, no seu Twitter. Quatro estados vão receber os jogos que começam no dia 13 de junho: Mato Grosso, Rio de Janeiro, Goiás e Distrito Federal. No caso da Bahia, o governador Rui Costa já havia afirmado que não aceitaria a realização da Copa na Bahia, uma vez que a Arena Fonte Nova, em Salvador, está sendo usada como hospital de Campanha contra a Covid-19. Segundo a Conmebol, o diferencial é que as seleções só vão poder jogar depois que a delegação for vacinada. Das 10 seleções do continente, sete chegaram a receber a primeira dose, mas até o início da competição, em 13 de junho, não vai dar tempo de tomar a segunda dose. No caso do Brasil, Peru e Colômbia, nem a 1ª dose foi aplicada ainda. Só no dia 9 de junho os brasileiros vão poder tomar o imunizante, depois que jogarem contra o Paraguai lá em Assunção, por outra competição, que é a Eliminatória pra Copa do Mundo de 2022. O país vai receber a Copa após a Argentina ter recusado ser sede devido ao recrudescimento da pandemia. O Brasil, no entanto, é o segundo país, atrás apenas dos Estados Unidos, em número de mortes por conta da Covid-19. De acordo com o último boletim divulgado pelo consórcio de veículos de imprensa, o país se aproxima de 463 mil óbitos pela doença.  


Conmebol anuncia suspensão da Copa América na Argentina

Foto: Reprodução
31.Mai.2021 // 07:05

(FOLHAPRESS) - A Conmebol anunciou na noite deste domingo (30) que a Copa América está suspensa. O torneio seria realizado na Argentina, mas o avanço da pandemia de Covid-19 no país obrigou a entidade a tomar essa decisão. A competição estava prevista para começar em 11 de junho. A atual edição era para ter sido realizada no ano passado, mas acabou adiada em um ano também em razão da expansão do coronavírus. "A Conmebol informa que pelas presentes circunstâncias decidiu suspender a organização da Copa América na Argentina. A Conmebol analisa a oferta de outros países que manifestaram interesse em sediar o torneio continental", disse a confederação em comunicado nas redes sociais. Momentos antes do anúncio da suspensão, o ministro do Interior da Argentina, Wado de Pedro, adiantou que o país deixaria de ser a sede do torneio devido à situação da pandemia. "Estamos muito preocupados não apenas com Buenos Aires, mas com as outras capitais que seriam sede do torneio e que estão com uma situação epidemiológica complicada." Não está descartado o cancelamento da competição. O conselho da entidade vai se reunir de forma emergencial nesta segunda (31), às 9h (de Brasília), para decidir o futuro do campeonato. Esse foi mais um revés para a Conmebol, que tinha como ideia inicial fazer a competição tanto na Argentina quanto na Colômbia. As coisas começaram a degringolar no último dia 20 de maio, quando a entidade anunciou a retirada da Colômbia como sede. A seleção brasileira, inclusive, faria sua estreia na Copa América contra a Venezuela, em solo colombiano, no dia 14. A Conmebol havia chegado à conclusão de que o país, agitado por protestos sociais há semanas, não reunia condições de receber as partidas do torneio. A decisão foi anunciada um dia depois de uma grande manifestação contrária à Copa América, em Bogotá. "Se não há paz, não há futebol", dizia a frase exibida em cartazes e também pichada nas paredes do estádio El Campín, um dos campos que receberia jogos do torneio. A Colômbia vive um ambiente de acentuada tensão social, com protestos contra uma reforma tributária proposta pelo governo. A repressão policial teve momentos pesados, e os conflitos resultaram em dezenas de mortos.


Adicione

Participe

Reclame

Denuncie