Livramento Hoje

Busca pela categoria "Esporte"

Daniel Alves nega proposta do Fluminense após oferta de salário de R$ 750 mil

Foto: Divulgação | CBF
24.Set.2021 // 10:30

O lateral baiano Daniel Alves recusou a proposta do Fluminense para atuar duas temporadas pelo clube carioca. As informações são do colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo. Daniel havia pedido R$ 1 milhão por mês. O Flu, por sua vez, ofereceu um salário mensal entre R$ 650 mil e R$ 750 mil mensais. Não deu certo. O ex-lateral da seleção estava atuando pelo São Paulo e rescindiu o contrato por questões financeiras. Dirigentes do clube paulista já haviam sinalizado a dificuldade de manter Daniel em função do alto salário.


Governo de São Paulo libera 30% de público nos estádios a partir de 4 de outubro

Foto: Reprodução
24.Set.2021 // 07:30

O Governo do Estado de São Paulo decidiu na noite desta quinta-feira (23), autorizar o retorno do público aos estádios de futebol paulistas a partir do dia 4 de outubro.  De acordo com comunicado do Governo, a capacidade será limitada para 30% do setor, com o cumprimento de todas as normas sanitárias e de prevenção contra a Covid-19. A previsão é que a capacidade seja ampliada para 50% em 15 de outubro e para 100% em 1º de novembro. Os clubes terão de exigir dos torcedores que forem aos estádios um comprovante com esquema vacinal completo (duas doses da vacina Coronavac, Astrazeneca e Pfizer ou dose única da Janssen). Aqueles que tiverem apenas uma dose das vacinas de duas doses precisam apresentar um teste negativo com validade de 48 horas para o tipo PCR ou de 24 horas para os de antígeno. O uso de máscara, segundo o protocolo, será obrigatório em todo o estádio. Vale lembrar que no caso dos jogos da Série A do Campeonato Brasileiro, a CBF tem marcado para o próximo dia 28 um Conselho Técnico para debater entre todos os 20 clubes o retorno do público aos estádios.


Brasil vence Peru e mantém campanha perfeita nas Eliminatórias

Foto: Divulgação | CBF
10.Set.2021 // 08:00

O Brasil derrotou o Peru por 2 a 0, na noite desta quinta-feira (9) na Arena Pernambuco, e manteve o aproveitamento perfeito nas Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022 (Catar) com oito vitórias em oito jogos. A vitória teve um significado especial para o camisa 10 Neymar, que marcou uma vez pelo time comandado por Tite e se tornou o maior artilheiro da seleção brasileira na história da competição, com o total de 12 gols, um a mais do que Romário e Zico, os segundos colocados da relação. Após optar pela formação que iniciou o duelo com os argentinos (Weverton; Danilo, Lucas Veríssimo, Éder Militão e Alex Sandro; Casemiro, Gerson, Lucas Paquetá e Éverton Ribeiro; Neymar e Gabriel Barbosa) o técnico Tite viu sua equipe assumir o comando das ações, com Neymar criando muito. E foi dos pés do camisa 10 que surgiu o primeiro gol do Brasil. Aos 13 minutos Santamaría perdeu para Neymar, que avançou livre em velocidade pela esquerda e cruzou para o meio da área, onde Gabriel Barbosa furou e a bola sobrou para Éverton Ribeiro bater de chapa, de primeira, para abrir o placar. Se no primeiro Neymar foi o arco, no segundo ele foi a flecha. Aos 39 minutos Danilo lançou Gabriel Barbosa, que avançou pela direita e finalizou, a defesa afastou parcialmente e Éverton Ribeiro aproveitou a sobra e chutou, mas Santamaría conseguiu cortar e a bola ficou com o camisa 10 do Brasil, que só teve o trabalho de escorar para o fundo das redes. Se na etapa inicial o Brasil dominou, na segunda diminuiu o ritmo e pouco criou, o que manteve o placar inalterado até o fim. A seleção brasileira volta a jogar pelas Eliminatórias em outubro, quando mede forças com Colômbia, Venezuela e Uruguai.


Suspensão de Brasil e Argentina foi uma loucura, diz presidente da Fifa

Foto: Divulgação | CBF
08.Set.2021 // 06:01

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, afirmou  na última segunda-feira (6) que os eventos que resultaram na suspensão do jogo entre Brasil e Argentina, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, foram uma “loucura”. “Vimos o que aconteceu com o jogo entre Brasil e Argentina, dois dos times mais gloriosos da América do Sul”, disse Infantino em um discurso por vídeo na assembleia-geral da Associação de Clubes Europeus. “Alguns agentes, policiais e seguranças entraram em campo após alguns minutos de jogo para tirar alguns jogadores – é uma loucura, mas precisamos lidar com esses desafios, essas questões que vêm com a crise de Covid“, completou, ressaltando que a situação é um lembrete das dificuldades enfrentadas durante a pandemia. Autoridades de saúde brasileiras intervieram no domingo (5) após quatro jogadores argentinos que atuam na Premier League da Inglaterra violarem as regras de quarentena contra Covid-19 do país.


Anvisa interrompe jogo entre Brasil e Argentina e partida é suspensa

Foto: Divulgação | CBF
06.Set.2021 // 06:01

O jogo entre Brasil e Argentina na Neo Química Arena, em São Paulo, válido pela sexta rodada da Copa do Mundo do Catar (2022) foi suspenso neste domingo (5) após cinco minutos de bola rolando. A decisão ocorreu após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), por meio de nota, informar que quatro jogadores argentinos descumpriram as regras sanitárias vigentes do país.


Futebol: Brasil supera o México e está na final das Olimpíadas

Foto: Divulgação | CBF
03.Ago.2021 // 08:00

A seleção masculina de futebol vai brigar pelo bicampeonato ouro olímpico em Tóquio.  A classificação para as finais veio após a vitória nos pênaltis por 4 x 1, depois de empatar em 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação com o México. O jogo foi muito pegado na maior parte do tempo. Prova disso é que a partida teve 10 cartões amarelos. Na primeira etapa, o Brasil ainda chegou a ter um pênalti assinalado, mas após consultar o VAR, o árbitro voltou atrás. Apesar da maior posse de bola durante o jogo, os brasileiros não conseguiram marcar o gol que evitaria o drama das penalidades máxima. Foi então que brilhou a estrela do goleiro Santos ao pegar o primeiro pênalti. O México ainda perdeu a segunda cobrança, enquanto o Brasil não desperdiçou nenhuma e sendo assim, nem precisou da última penalidade para fechar duelo em 4 x 1.


Seleção brasileira feminina é eliminada nos pênaltis pelo Canadá

Foto: Divulgação
30.Jul.2021 // 10:00

A seleção feminina de futebol do Brasil foi eliminada na manhã desta sexta-feira (30) para o Canadá, em jogo válido pelas quartas de final da Olimpíada de Tóquio. A eliminação veio nos pênaltis após um empate em 0 a 0 no tempo normal e prorrogação. Nas penalidades o Brasil até começou bem com Bárbara pegando um pênalti de Sinclair. Entretanto, Andressa Alves e Rafaelle pararam na goleira Labbé, enquanto o Canadá não desperdiçou mais nenhuma cobrança.O resultado elimina o Brasil e deixa as meninas fora de uma briga por medalha.


Seleção Brasileira masculina vence Arábia Saudita e vai às quartas nas Olimpíadas

Foto: Divulgação
28.Jul.2021 // 08:00

A seleção brasileira masculina de futebol venceu hoje a Arábia Saudita por 3 a 1, em Saitama, e garantiu classificação para as quartas de final nas Olimpíadas de Tóquio. Richarlison marcou dois e se isolou na artilharia da competição, com cinco gols. Matheus Cunha também assinalou um dos gols do Brasil. Al-Amri descontou para a Arabia Saudita. O Brasil se classifica como líder do Grupo D com sete pontos. A Costa do Marfim ficou sem segundo no grupo e a vice-campeã olímpica, Alemanha, já vai voltar para casa. O jogo das quartas de final será no sábado (31), às 7h, também em Saitama. O adversário do Brasil será conhecido após os jogos das 8h de hoje. A disputa pode ficar entre Australia, Espanha, Argentina e Egito.


Richarlison brilha e Brasil vence Alemanha na estreia dos jogos olímpicos

Foto: Divulgação | CBF
22.Jul.2021 // 11:30

Em jogo de seis gols e pênalti desperdiçado, o Brasil venceu a Alemanha por 4 a 2, nesta quinta-feira (22), em estreia dos jogos olímpicos de Tóquio. O atacante Richarlison, três vezes, e Paulinho marcaram os gols a favor da seleção brasileira, enquanto Amiri e Ache descontaram para os alemães. Com o resultado, o Brasil se firmou na liderança do Grupo D pelo saldo de gols. A Costa do Marfim venceu a Arábia Saudita e está empatado em número de pontos com a seleção brasileira. O próximo compromisso da seleção canarinho será diante da Costa do Marfim, no Estádio Yokohama Internacional, no domingo (25), às 05h30 (horário de Brasília).


Com 3 de Gabriel, Flamengo goleia Bahia fora e sobe no Brasileirão

Foto: Alexandre Vidal | Flamengo
19.Jul.2021 // 09:30

Após esbanjar irregularidade e atuações pouco convincentes, o Flamengo empolgou a torcida neste domingo ao aplicar 5 a 0 no Bahia, no estádio de Pituaçu, em Salvador (BA), pela 12.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Gabriel Barbosa foi o grande destaque do confronto, com três gols, que ajudaram a equipe a subir na tabela da competição. A goleada empurrou o Flamengo para mais perto dos primeiros colocados, agora com 18 pontos, porém, com dois jogos e menos do que seus principais concorrentes ao título. O Bahia, com 17 pontos, segue na oitava posição. Em seu segundo jogo no comando do time carioca, Renato Gaúcho não perdeu a chance de escalar o time de forma agressiva. Confirmou a dupla de zagueiros com Gustavo Henrique e Léo Pereira, devolvendo Willian Arão para o meio-campo, onde ainda contou com os retornos de Diego, Éverton Ribeiro e Arrascaeta. Com este quarteto de qualidade, o Flamengo mandou em campo no primeiro tempo. Marcou alto na saída de bola do Bahia, mostrou perfeição no toque de bola e passou a chegar na área adversária para finalizar. Criou algumas chances, porém, abriu o placar, ironicamente, num pênalti aos 22 minutos. Dois minutos antes, Arrascaeta foi atropelado por Nino Paraíba por trás. Apesar dos protestos baianos, o VAR confirmou a penalidade. Na cobrança, com paradinha, Gabigol deslocou o goleiro Matheus Teixeira, que caiu do lado direito enquanto a bola entrou do outro lado. O Flamengo alugou o campo defensivo do Bahia, aproveitando também a boa atuação do lateral Isla, também de volta da Copa América, onde defendeu o Chile. Ele fez boas ultrapassagens pelo lado direito. Num delas, aos 35 minutos, lançado por Arrascaeta fez o passe para Diego que soltou uma bomba de esquerda, defendida pelo goleiro. Na segunda vez, não teve perdeu. Outra enfiada de Arrascaeta pra Isla e o passe para trás para Gabriel, que bateu de trivela e tirou do alcance do goleiro: 2 a 0 aos 40 minutos. O Bahia voltou diferente no segundo tempo, tentando acuar o Flamengo em seu campo. Assustou aos seis minutos quando Matheus Galdezani chutou forte, Diego Alves desviou de leve e a bola tocou no travessão. Mas a tentativa de reação baiana foi encerrada na sequência, quando Gabriel anotou seu terceiro gol na partida. Lançado por Éverton Ribeiro, fez o giro e tirou a marcação. Daí só teve o trabalho de bater cruzado para fazer 3 a 0 aos 17 minutos. No minuto seguinte, ele foi substituído por Pedro, que ampliou o placar aos 28 minutos, quando apareceu entre os zagueiros para desviar o cruzamento de Vitinho, que veio do lado esquerdo. Sinal de que embora tenha feito trocas para poupar alguns jogadores, Renato Gaúcho manteve a ordem de não tirar o pé no ataque. Ficou bem claro com o quinto gol que saiu aos 38 minutos. Arrascaeta desmontou a defesa dentro da área e fez o passe para Vitinho, que bateu no canto direito do goleiro. O jogo estava bem definido, tanto que o árbitro Wilton Pereira Sampaio deu o apito final em cima dos 45 minutos, sem nenhum minuto de acréscimo.


Itália vence a Inglaterra nos pênaltis e se torna bicampeã da Eurocopa

Foto: Reprodução
12.Jul.2021 // 07:30

Pela segunda vez na história, a Itália é campeã da Eurocopa. Neste domingo, a Azzurra venceu a Inglaterra nos pênaltis por 3 a 2, após empate em 1 a 1 no tempo normal e prorrogação, no Estádio de Wembley, em Londres, e sagrou-se campeã continental diante de mais de 67 mil pessoas. No primeiro tempo, a seleção inglesa só finalizou uma vez, mas foi o suficiente para abrir o placar aos dois minutos com Luke Shaw. Com a vantagem, os donos da casa se fecharam e deram pouco espaço para o time italiano levar perigo. Na segunda etapa, a Inglaterra ficou ainda mais fechada, mas a Itália conseguiu criar mais. Depois muito insistir, a Azzurra buscou o empate aos 21 minutos com Bonnuci, aproveitando o rebote de cabeçada na trave de Verratti. A igualdade persistiu até o fim do tempo regulamentar e da prorrogação, e a final foi para os pênaltis. Nas penalidades máximas, Berardi, Bonucci e Bernardeschi converteram para a Itália, enquanto Belotti e Jorginho pararam em Pickford. Já Kane e Maguire marcaram para a Inglaterra, mas Rashford acertou a trave, e Donnaruma defendeu as cobranças de Sancho e Saka e garantiu o título italiano. Tetracampeã mundial, a Itália voltou a conquistar a Eurocopa depois de 53 anos. Até então, o único título continental da Azzurra havia ocorrido em 1968, quando foi país-sede.


Argentina vence Brasil na Copa América e quebra jejum de títulos

Foto: Reprodução | Reuters
11.Jul.2021 // 08:00

Pela primeira vez desde 1993, a seleção principal da Argentina conquistou um título. E foi em grande estilo. Na final da Copa América, em pleno Maracanã, Messi e companhia derrotaram o Brasil por 1 a 0 e encerraram um jejum que atravessou gerações. O gol de Di Maria possibilitou aos argentinos conquistarem o seu 15º troféu na competição, igualando-se ao Uruguai como maior vencedor na história. O lance crucial da partida aconteceu aos 21 minutos da primeira etapa. De Paul fez longo lançamento pela direita. Renan Lodi aparentemente tinha a situação sob controle, mas errou o tempo para cortar a bola, que ficou limpa para Di Maria. Ele entrou na área e com um toque encobriu o goleiro Ederson. Pouco inspirado, o Brasil só foi encontrar um melhor futebol e melhores chances na segunda etapa. Richarlison, em jogada pela direita, chegou a marcar, mas foi identificado impedimento do atacante no início da jogada. Na reta final, Gabriel Barbosa, uma das várias substituições do técnico Tite, pegou uma sobra de levantamento pela esquerda e chutou forte, mas o goleiro Martinez colocou para escanteio. A Argentina também teve a chance de matar o jogo, mas o craque Lionel Messi, ao receber dentro da área, de cara para o gol, se enrolou tentando driblar o goleiro Ederson. O lance desperdiçado acabou não fazendo falta, já que pouco depois a Argentina confirmou o triunfo e um título histórico, muito comemorado pelos atletas em campo e pelos torcedores argentinos que compareceram ao Maracanã (a prefeitura do Rio liberou a presença de 10% de público). A seleção argentina voltou a comemorar um título com sua equipe profissional (foi campeã olímpica em 2004 e 2008) depois de 28 anos. A última conquista havia sido justamente em uma Copa América, em 1993, quando derrotou o México na decisão da edição sediada pelo Equador. Para Messi, o triunfo no Maracanã representou o primeiro troféu pelo país, depois de derrotas nas finais das Copas Américas de 2007, 2015 e 2016 e também na decisão da Copa do Mundo de 2014, curiosamente disputada também no estádio carioca.


Brasil e Argentina decidem Copa América no Maracanã

Foto: Divulgação
10.Jul.2021 // 09:00

Um grande palco, com grandes atores e um final inesperado. Este é o roteiro que a decisão da Copa América entre Brasil e Argentina oferece aos amantes do futebol neste sábado (10), a partir das 21h (horário de Brasília), no estádio do Maracanã. Esta será a quarta vez em que Brasil e Argentina disputam uma decisão de Copa América. Na primeira delas, em 1937, os hermanos ficaram com o título. As duas equipes só voltaram a se encontrar em uma final da competição em 2004, quando a seleção brasileira triunfou por 4 a 2 na disputa de pênaltis. E o último encontro entre brasileiros e argentinos é de doce lembrança para o Brasil, que venceu por 3 a 0 (gols de Júlio Baptista, Ayala, contra, e Daniel Alves) em 2007 na Venezuela, para conquistar seu oitavo troféu da competição. Para o jogo deste sábado, o Brasil deposita suas esperanças no atacante Neymar. Com dois gols e três assistências na competição, o camisa 10 é o jogador que comanda as ações ofensivas da equipe do técnico Tite (que está invicta na atual edição da competição). E o treinador sabe que Neymar é peça fundamental para garantir o título da Copa América sobre uma equipe que também conta com um dos grandes camisas 10 do futebol atual: “A gente sabe da grandeza de dois ícones do futebol mundial. Falar de Messi e Neymar é falar de excelência, de virtudes técnicas, mentais, físicas, de capacidade de criação muito alta. Aí um grande desafio, um grande espetáculo”.


Prefeitura do Rio libera 10% de público no Maracanã para final da Copa América

Foto: Divulgação | Maracanã
09.Jul.2021 // 09:00

A Conmebol decidiu liberar a entrada de público na grande final da Copa América, entre Brasil e Argentina, que será realizada neste sábado (10), no Maracanã. A presença de torcedores foi autorizada pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio (SMS), mas será limitada a 10% da capacidade do estádio. Cada setor do Maracanã poderá receber 10% de sua capacidade. De acordo com o decreto publicado no Diário Oficial, nesta sexta-feira, o público sentado deverá obedecer um espaçamento mínimo de dois metros entre cada pessoa ou família. O organizador do evento, a Conmebol, ficará responsável por fazer teste de Covid-19 em todos que entrarem no estádio, no prazo de 48 horas antes do jogo. Quem testar positivo será barrado. Na noite da última quinta-feira, 8, o jornal “Olé” havia adiantado que 2.200 ingressos para torcedores serão liberados para cada uma das seleções. Também foi autorizada a venda de 150 ingressos para a área vip do estádio. A possibilidade da presença de público foi confirmada após pressão da entidade sobre a prefeitura do Rio, que, em um primeiro momento, não queria liberar os torcedores, mas acabou cedendo à pressão da entidade. Como o Maracanã tem capacidade para 78,8 mil torcedores, quase 8 mil pessoas devem assistir o jogo decisivo. Em janeiro, o mesmo estádio recebeu 5 mil convidados na final da Copa Libertadores, entre Santos e Palmeiras.

 


Argentina vence Colômbia nos pênaltis e faz final da Copa América com Brasil

Foto: Reprodução
07.Jul.2021 // 09:01

A Argentina garantiu vaga na decisão da Copa América após derrotar a Colômbia por 3 a 2 na disputa de pênaltis, após empate em 1 a 1 nos 90 minutos, em partida realizada nesta terça-feira (6) no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Assim, os argentinos farão a grande decisão da competição com o Brasil, no próximo sábado (10), a partir das 21h (horário de Brasília), no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Com a bola rolando, a Argentina consegue abrir o placar logo aos 6 minutos, quando Messi recebe dentro da área, se livra de um adversário e cruza para o meio, onde Lautaro Martínez chega batendo de primeira para superar Ospina. Porém, a Colômbia melhora na partida e consegue igualar o marcador na etapa final. Luis Díaz recebeu na ponta esquerda, partiu em velocidade e deu um toque para se livrar de Martínez. E nos pênaltis, o goleiro argentino Emiliano Martínez brilhou, defendendo as cobranças de Davinson Sánchez, Mina e Cardona para garantir a classificação.