Livramento Hoje

Busca pela categoria "Saúde"

Fumaça da fogueira e dos fogos de artifícios podem agravar quadros de Covid-19

Foto: Alan Souza | Livramento Hoje
21.Jun.2021 // 11:00

A fumaça é considerada um fator relevante que impacta diretamente na saúde do paciente diagnosticado com Covid-19. Na pandemia, os riscos que o novo coronavírus podem representar para cardiopatas, diabéticos, hipertensos e fumantes ganharam atenção especial de especialistas que apontam a poluição do ar como responsável pela vulnerabilidade do pulmão em meio à pandemia. A Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp) revela que existe um risco duas a três vezes maior de infarto em pessoas expostas à poluição do ar por emissões de motores à combustão. A Socesp, no entanto, não levou em consideração o desencadeamento de implicações causadas pelo coronavírus no organismo. A fumaça de fogueira e dos fogos de artifício causam irritação nas vias aéreas e podem desencadear mecanismos biológicos que facilitam a infecção pelo vírus ou mesmo agravar o quadro de pacientes que já estejam infectados, por esses motivos a fogueira e os fogos devem ser evitados no período junino em meio à pandemia. A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou a informação de que 91% da população do planeta vive em locais onde a qualidade do ar está abaixo do recomendado. Um estudo publicado na revista científica Science of the Total Environment mostra uma incidência maior de mortes por Covid-19 em regiões onde o índice de dióxido de nitrogênio é mais alto. Especialista em saúde pública, Angelina Oliveira chama a atenção para o fato de que a poluição atmosférica pode provocar ou agravar enfermidades do trato respiratório, como doença pulmonar obstrutiva crônica, rinite, pneumonia, asma e câncer de pulmão e está associada a acidente vascular cerebral (AVC), Parkinson, Alzheimer e infarto. “O mês de junho é um período mais propenso às doenças respiratórias devido ao tempo mais frio e ao aumento da umidade do ar, que faz com que as partículas em dispersão aérea fiquem mais tempo viáveis. Esse ambiente favorece a propagação do novo coronavírus”, explica Angelina. Ainda quem esteja com um quadro leve de Covid-19 ou se recuperando da doença pode ficar vulnerável a uma complicação por causa dos efeitos da fumaça, já que o vírus atinge o sistema respiratório.


Fábio Vilas-Boas anuncia chegada de mais de 300 mil doses de vacina à Bahia
17.Jun.2021 // 11:00

O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas anunciou, pelas redes sociais, na manhã desta quinta-feira (17), que estão chegando ao estado mais de 300 mil doses de vacinas contra a Covid-19. Serão 201.240 doses de vacina da Pfizer, que chegam ainda hoje ao aeroporto de Salvador, e outras 143.400 doses da CoronaVac, que chegam amanhã.



Cidades baianas avançam em vacinação e chegam a 75% dos adultos vacinados

Foto: Divulgação
14.Jun.2021 // 09:00

Enquanto as maiores cidades baianas ainda vacinam a população que tem acima de 50 anos de idade, como a capital Salvador, por exemplo, alguns municípios do estado já estão com quase 100% da população adulta vacinada. É o caso de Filadélfia, no centro-norte baiano, que já vacinou 67% da população acima de 18 anos com pelo menos a primeira dose. Em Bonito, cidade localizada na Chapada Diamantina, 75% dos adultos já estão vacinados. É a cidade da Bahia onde a vacinação está mais acelerada. Lá, o público-alvo da vacinação também está em quem tem 25 anos ou mais. Os dados foram divulgados pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab). As informações são do jornal Correio. A aceleração em algumas cidades em relação a outras acontece por causa da quantidade de grupos quilombolas que moram nos municípios. Esses grupos são prioritários desde o início da vacinação. “Eles fizeram um movimento para serem incluídos na vacinação e conseguiram, o que é bom para a gente. Quando soubemos que essas doses iriam vir para eles, montamos uma verdadeira força tarefa, fora as equipes que já trabalham nas comunidades, para acelerar a vacinação. Agora estamos vacinando apenas quem mora na sede do município”, explica Izabel Martins, coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Bonito. Lá, são 15 comunidades que representam, na prática, toda a zona rural.


Senado aprova criação de certificado para vacinados contra covid-19

Foto: Reprodução
Por: Agência Senado no dia 11.Jun.2021 // 07:00

O Senado aprovou na quinta-feira (10), um projeto de lei (PL) que cria o Certificado de Imunização e Segurança Sanitária (CSS). Esse certificado permitirá que pessoas vacinadas ou que testaram negativo para covid-19 ou outras doenças infectocontagiosas circulem em espaços públicos ou privados onde há restrição de acesso. O texto vai à Câmara. Segundo o relator, Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB), a ideia do projeto é conciliar a adoção de medidas restritivas de contenção do coronavírus com a "preservação dos direitos individuais e sociais". Para ele, o CSS vai ajudar estados e municípios a administrar e balancear as medidas restritivas de locomoção ou de acesso de pessoas a serviços ou locais, públicos ou privados. O certificado poderá ser utilizado para autorizar a entrada em locais e eventos públicos, o ingresso em hotéis, cruzeiros, parques e reservas naturais, entre outras possibilidades. “Dessa forma, garantiremos não somente o direito de circulação da população, mas também a diminuição dos efeitos nocivos do isolamento social prolongado, bem como a manutenção das atividades econômicas que não puderam se adaptar a sistemas remotos de oferta de serviços e produtos”, disse o autor do projeto, senador Carlos Portinho (PL-RJ).


Anvisa autoriza testes clínicos da Butanvac em humanos

Foto: Divulgação
10.Jun.2021 // 09:00

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou na quarta-feira (9) a realização de testes clínicos (em humanos) da vacina contra Covid Butanvac, em desenvolvimento pelo Instituto Butantan. Antes de iniciar a vacinação dos voluntários, contudo, o Butantan ainda precisará apresentar algumas informações complementares sobre os testes em andamento, que fazem parte da chamada etapa pré-clínica, testadas em animais. Só depois, o Butantan deverá iniciar a aplicação experimental da Butanvac.  O aval para os testes em humanos foi dada 75 dias depois de a agência ter sido notificada da existência do imunizante e 48 dias após o pedido ter sido formalizado. A autorização se refere às fases 1 e 2 dos testes clínicos da vacina, quando o imunizante começa a ser aplicado em humanos. Segundo a Anvisa, a pesquisa é dividida em três etapas, sendo A, B e C. As etapas devem envolver ao todo 6.000 voluntários com 18 anos ou mais. Por enquanto, está autorizada a etapa A do estudo, que envolve 400 voluntários. A vacina será aplicada em duas doses, com um intervalo de 28 dias entre elas. O estudo deve ser realizado no Hospital das Clínicas (FMUSP) e no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. A expectativa é que o Butantan termine em um mês as etapas iniciais, que verificam a segurança e capacidade de gerar imunidade para, assim, avançar à fase 3, que avalia a eficácia nos dois meses seguintes. Se tudo der certo, o imunizante poderá estar disponível no último trimestre deste ano.


Bebê nasce com anticorpos mesmo sem mãe ter sido vacinada contra covid-19

Foto: Reprodução | Acervo Pessoal
07.Jun.2021 // 10:00

Um bebê, em Vitória da Conquista, nasceu com anticorpos contra a Covid-19 mesmo sem que a mãe tenha sido vacinada contra o novo coronavírus. Segundo o jornal Correio*, Glece Quelle Brito, 25 anos, é auxiliar de farmácia de UTI em um hospital da cidade do sudoeste baiano e pegou Covid-19 dois meses antes do nascimento do filho. “No fim da gestação, eu fiz esse exame de anticorpos total e vi que estava com imunidade ainda, o que dava indício de que passaria o anticorpo para ele. Depois, fizemos nele e também deu positivo para o IgG contra a Covid”, afirmou Gleice em entrevista ao jornal.


Bahia tem 1º recém-nascido com anticorpos contra a Covid-19

Foto: Divulgação | Sesab
26.Mai.2021 // 15:00

O primeiro bebê da Bahia com anticorpos contra a Covid-19 nasceu na última sexta-feira (21), em Salvador, após a mãe ser imunizada com as duas doses da vacina. Segundo informações da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), a mãe, que é médica obstetra, recebeu a primeira dose da vacina Oxford AstraZeneca em 4 de fevereiro e a segunda dose em 5 de maio, dezesseis dias antes do parto. A diretora da Vigilância Epidemiológica do Estado, Márcia São Pedro, explica que o teste foi realizado com amostras de sangue da mãe e da criança, coletadas e processadas dois dias após o nascimento pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA). “Embora não haja protocolos definidos pelo Ministério da Saúde para avaliação de recém-nascidos, consideramos que este é um importante passo no monitoramento dos casos e para novas discussões sobre vacinação de gestantes”, avalia a diretora. A presença de anticorpos na mãe, Patrícia Marques, e no recém-nascido, Mateus, foi confirmada por teste de sorologia no Lacen-BA, que recentemente implantou a metodologia para a quantificação de anticorpos para a Covid-19. O bebê será acompanhado e passará por exames regulares para avaliar a duração da presença de anticorpos.


Nova variante do coronavírus é identificada no interior de SP

Foto: Reprodução
26.Mai.2021 // 08:00

Uma nova variante da Covid-19 foi identificada no Brasil. A Sociedade Brasileira de Virologia (SBV) divulgou a informação e anunciou que a linhagem foi encontrada em no interior de São Paulo e batizada de P.4. A variante foi inicialmente detectada em Mococa, a 325km de São Paulo. Ela já aparece também em outras cidades do interior, como Porto Ferreira. "O sistema pango de linhagens dos SARS-CoV-2 nomeou uma nova linhagem brasileira como P.4. Essa variante, que apresenta a mutação L452R na proteína S dos SARS-CoV-2, tem circulado no interior do estado de São Paulo", diz o comunicado da SBV. O infectologista Unaí Tupinambás, professor da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), explica que sistema pango é uma espécie de banco de dados onde as linhagens do vírus são colocadas até que sejam identificadas. O diretor municipal de saúde de Mococa, Luiz Nicanor Bettiol Júnior, disse que ainda é cedo para saber se a nova linhagem descoberta é menos ou mais perigosa do que as já existentes. "O que pode se dizer é que foi observada uma característica genética diferente", aponta. O comunicado da SBV afirma que a identificação da nova linhagem foi feita pelo Instituto de Biotecnologia (Ibtec), pelo Instituto de Biociências - Unesp (Universidade Estadual Paulista) em Botucatu, pelo Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (Ibilce) - Unesp em São José do Rio Preto, pelo Laboratório de Pesquisa em Virologia da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp), pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF), pela Unesp de Araraquara e pela Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da USP Pirassununga (FZEA-USP). O estudo foi fomentado pela Rede Corona-Ômica da RedeVírus do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), segundo a SBV.


Ex-presidente Dilma Rousseff é internada em Porto Alegre

Foto: André Coelho | Agência O Globo
25.Mai.2021 // 10:30

A ex-presidente da República Dilma Rousseff foi internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Moinho de Ventos, em Porto Alegre, na manhã desta terça-feira (25). A informação foi revelada pela jornalista Kelly Matos, da Rádio Gaúcha, nas redes sociais. De acordo com a assessoria de imprensa de Dilma, ela foi ao hospital na noite desta segunda-feira (24), com o intuito de realizar exames depois de ter sentido um mal-estar. Ainda segundo a nota, a ex-presidente está acompanhada pelo médico Paulo Caramori e deve receber alta ainda nesta terça.
Confira o comunicado da assessoria:

NOTA À IMPRENSA

A Assessoria de Imprensa da ex-presidenta Dilma Rousseff informa que ela está fazendo exames no Hospital Moinho de Ventos, em Porto Alegre, depois de ter sentido um mal-estar na noite de segunda-feira, 24. Ela está acompanhada pelo médico Paulo Caramori e deve ter alta ainda na manhã desta terça-feira, 25.

ASSESSORIA DE IMPRENSA
Dilma Rousseff


Em reunião com bispos da Bahia, Sesab reforça medidas de prevenção contra Covid-19

Foto: Divulgação
04.Mai.2021 // 11:00

O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, e a subsecretária Tereza Paim se reuniram nesta segunda-feira (3) com bispos da Bahia para reforçar a importância das medidas de prevenção contra Covid-19 e sanar dúvidas dos representantes da Igreja Católica. Durante a reunião, realizada de forma virtual, foram discutidas também as estratégias de imunização no estado. “O Estado está ampliando a rede de assistência ao máximo. Já temos hoje cerca de 3.500 leitos para tratamento da Covid-19, mas estamos chegando ao limite. Se não pudermos coibir aglomerações, principalmente com a chegada do São João, haverá uma explosão de casos e uma terceira onda chegará com força”, alertou Vilas-Boas. Para os bispos, o Estado tem tido uma importante postura no incentivo às medidas de proteção e com as estratégias de vacinação. Eles acrescentaram que as dioceses da Bahia apoiam as decisões, em busca do bem comum. “Essa doença tem mostrado a importância do agente de Saúde primário, que está em contato direto com as comunidades. As igrejas têm um importante papel neste cenário, pois o cidadão se torna um agente multiplicador das informações. Ouvir esses alertas diariamente é essencial”, ressaltou a subsecretária Tereza Paim.


Adicione

Participe

Reclame

Denuncie