Livramento Hoje

Busca pela categoria "Saúde"

Bahia está há duas semanas sem redução nos números de casos, alerta Rui

Foto: Alan Souza | Livramento Hoje
24.Set.2021 // 08:00

O governador Rui Costa usou as redes sociais nesta quinta-feira para repetir um apelo que já vem fazendo há alguns dias: vacinação. De acordo com o petista Bahia está há duas semanas sem ter redução nos números de casos e que a forma de tentar evitar isso é se vacinando e, claro, mantendo os cuidados básicos. “Tem duas semanas que os números de coronavírus pararam de cair na Bahia. Isso quer dizer que o vírus segue contaminando os baianos e os baianas. Então, repito o apelo: tomem a vacina! E, mesmo vacinados, usem máscara!”, enfatizou o gestor. Conforme o último boletim da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), divulgado na quarta-feira (22), a Bahia tinha registrado 1.057 novos casos em 24 horas. No estado, até o momento, são 9.698.519 pessoas vacinadas contra o coronavírus com a primeira dose ou dose única, o que representa 76,17% da população com 12 anos ou mais.


Ministério volta a recomendar vacinação de adolescentes contra a Covid-19

Foto: Reprodução
23.Set.2021 // 09:30

O Ministério da Saúde voltou a recomendar a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos contra a Covid-19 – incluindo jovens sem comorbidade. O anúncio foi feito na noite desta quarta-feira (22) durante coletiva de imprensa, uma semana após a recomendação da pasta de suspender a imunização nessa faixa etária, exceto em casos de comorbidade. De acordo com secretário-executivo do ministério, Rodrigo Cruz, um comitê formado por representantes da pasta e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) confirmou que a morte de uma jovem de 16 anos em São Bernardo do Campo não está relacionada à vacina. “Os benefícios da vacinação são maiores que os eventuais riscos de eventos adversos”, disse. Na coletiva, Cruz disse que, até o momento, somente o imunizante da Pfizer possui autorização da Anvisa para ser aplicado na faixa etária de 12 a 17 anos. A pasta constatou ainda que, apenas em 0,7% de todas as doses aplicadas em adolescentes no Brasil, foram utilizados imunizantes sem autorização da agência.  As informações são da Agência Brasil.


Derivado da maconha é estudado como possível tratamento para Covid longa

Foto: Reprodução
15.Set.2021 // 08:00

Pesquisadores brasileiros realizaram um estudo para testar se o canabidiol (CBD), componente da maconha, sem efeito psicoativo, pode ser utilizado no tratamento dos efeitos de longo prazo da Covid-19, a chamada Covid longa. A hipótese é que a substância possa ser útil porque ela já tem eficácia comprovada contra outros casos inflamatórios semelhantes ao provocado pela doença. De acordo com o coordenador da pesquisa, o cardiologista Edimar Bocchi, a Covid causa a inflamação de vários órgãos do corpo humano, com sintomas muito diversos. Segundo ele, que também trabalha no Incor (Instituto do Coração da Faculdade de Medicina da USP), estudos apontam que entre 10% e 20% de quem foi infectado pelo Sars-CoV-2 deve apresentar a Covid longa. O cardiologista explica que existem três motivos para esses efeitos prolongados acontecerem. No primeiro, o paciente, depois de se curar da infecção viral, fica com um distúrbio imunológico que causa o problema. No segundo, a infecção viral inicial segue no corpo, atingindo diversos sistemas e órgãos. No último, a Covid acaba desencadeando uma inflamação crônica pré-existente. O CBD, portanto, seria o combate para esses efeitos prolongados. Por conta de estudos já feitos anteriormente em combate a ansiedade, dores e inflamações, o Incor vai poder começar a nova pesquisa já na fase 3, realizada diretamente com humanos. O estudo deve durar, inicialmente, três meses e será composto por 300 pacientes infectados pela Covid longa, que tiveram um comprometimento importante na qualidade de vida ou uma diminuição na capacidade de realizar exercícios físicos. Em 2019, a Anvisa regulamentou o uso de medicamentos derivados da maconha e permitiu sua venda em farmácia. Essa autorização permite o cultivo legal da canabis no país. Uma comissão especial da Câmara dos Deputados já aprovou um projeto de lei que autoriza que empresas façam o cultivo da planta com fins científicos ou medicinais. A regra, porém, ainda precisa ser votada no Senado e, se for aprovada, ser sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).


Pelé recebe alta de UTI e vai para o quarto após 10 dias

Foto: Reprodução | Rede Social
14.Set.2021 // 16:00

O Hospital Albert Einstein, em São Paulo, divulgou boletim médico nesta terça-feira (14), comunicando que Pelé deixou a UTI. O Rei do Futebol foi transferido para o quarto e a recuperação é considerada boa. Pelé estava internado na UTI desde o dia 4 de setembro, quando tirou um tumor no cólon intestinal. Porém, o craque já está no hospital desde o dia 30 de agosto. Pelé utilizou suas redes sociais para deixar os torcedores mais tranquilos, agradeceu as mensagens e brincou sobre jogador os "90 minutos". "Meus amigos, esse é um recado para cada um de vocês. Não pensem, por um minuto sequer, que eu não li as milhares de mensagens de carinho que recebi por aqui. Muito obrigado a cada um de vocês por dedicarem um minuto do seu dia para me enviar boas energias. Amor, amor e amor! Eu já saí da UTI e estou no meu quarto. Continuo cada dia mais alegre, com muita disposição para jogar 90 minutos, mais a prorrogação. Estaremos juntos em breve!"
Veja o boletim médico
"O paciente Edson Arantes do Nascimento apresenta boa condição clínica, e recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Permanecerá, a partir de agora, em recuperação no quarto."


Secretário estadual de Saúde pede exoneração do cargo

Foto: Alan Souza | Livramento Hoje
04.Ago.2021 // 05:00

O cardiologista Fábio Vilas-Boas entregou, agora à tarde, uma carta com pedido de exoneração do cargo de secretário estadual de Saúde, que ocupava desde janeiro de 2015. A solicitação foi aceita pelo governador Rui Costa. Na carta, o médico agradeceu a confiança do governador que lhe fez o convite e que “me deu a oportunidade de contribuir para uma verdadeira revolução na saúde visando atender a quem mais precisa”. Fábio também desculpou-se por episódios recentes envolvendo a empresária Angeluci Figueiredo. O governador Rui Costa agradeceu pelo empenho com que o médico conduziu a pasta durante sua gestão. O substituto de Fábio Vilas-Boas será anunciado nos próximos dias. Interinamente, a Sesab será conduzida pela subsecretária Tereza Paim. Vilas-Boas também anunciou a decisão através das redes sociais. “Entreguei, agora à tarde, minha carta com pedido de exoneração do cargo de secretário estadual de Saúde, que ocupava desde janeiro de 2015. A solicitação foi aceita pelo governador Rui Costa”, escreveu.


Médicos apontam aumento da miopia durante a pandemia

Foto: Reprodução
02.Ago.2021 // 11:30

Sete em cada dez médicos entrevistados em um levantamento do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) identificaram progressão de miopia em crianças durante a pandemia. Outros três em cada dez não constataram esse problema entre pacientes. A pesquisa entrevistou 295 médicos oftalmologistas com diversas subespecialidades, como pediatria, córnea, catarata, glaucoma e retina. O estudo foi realizado em abril e junho deste ano. Entre os que verificaram aumento dos graus de miopia, 6% apontaram o problema em 75% dos pacientes, 27% relataram a situação em 50% dos pacientes e 67% registraram o quadro em cerca de 25%. Dos profissionais ouvidos, 75,6% avaliaram que o uso de diversos dispositivos eletrônicos pode agravar o quadro de miopia. Outros 22% entenderam que esse fator pode influenciar, mas apenas com uso de tablets e celulares. Apenas um pequeno percentual não viu relação entre os dois fenômenos.
Celular, televisão e videogames
Quase todos os profissionais ouvidos (98,6%) disseram que a redução do tempo gasto em telas (como celular, televisão e videogames) pode ajudar no caso de crianças míopes. Seis em cada dez entrevistados defenderam as recomendações da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) sobre o tema. A SBP orienta que seja evitada a exposição de menores de dois anos a telas, mesmo que passivamente. Para crianças entre dois e cinco anos, o limite deve ser de uma hora de tela, com supervisão. Para a faixa entre seis e dez anos, o tempo não deve ser superior a duas horas, também com supervisão. Também quase a totalidade dos médicos consultados (96,3%) respondeu que considera o aumento de atividades fora de casa como um fator que pode contribuir para reduzir os graus de miopia em crianças. Já quanto ao tempo ideal em atividades externas, os entrevistados se dividiram, com a maioria (43,2%) indicando pelo menos duas horas por dia, 31% considerando pelo menos uma hora diária adequada e 10% recomendando pelo menos quatro horas por dia.
O que é a miopia
Miopia é o nome dado a um erro de refração, quando a imagem se forma antes da retina. Ela causa uma visão embaçada, prejudicando a visualização de objetos e imagens que estão mais longe do indivíduo. Conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS), há 59 milhões de pessoas com essa condição no Brasil, mais de 25% da população. Em todo o mundo, o número de pessoas com miopia chega a 2,6 bilhões.


Covid-19: Brasil atinge marca de 100 milhões de vacinados com primeira dose

Foto: Betto Jr. | Secom
31.Jul.2021 // 08:00

O Brasil atingiu, nesta sexta-feira (30), a marca de 100 milhões de primeiras doses de vacinas aplicadas contra a Covid-19. O balanço, levantado pela Agência CNN, foi consolidado com base nas secretarias estaduais, que divulgaram o resultado preliminar da vacinação. No total, foram aplicadas pelo menos 141.024.479 doses do imunizante contra a Covid-19 no país. Nas últimas 24 horas, foram aplicadas 2.003.760 de doses, considerando 1ª e 2ª doses, além da dose única da farmacêutica Janssen. O dia em que se aplicou mais doses no país foi em 7 de julho deste ano, quando ao menos 3.229.217 de doses contra a Covid-19 foram aplicadas. Atualmente, o Brasil está em 4.º Lugar entre os países que aplicaram mais doses absolutas, e na 65.º posição em doses aplicadas para cada 100 habitantes. 


Mais de 200 municípios baianos não registraram óbitos decorrentes da Covid-19 em julho

Foto: Reprodução
23.Jul.2021 // 09:00

Até a última quinta-feira (22), 202 municípios baianos não registraram óbitos decorrentes da Covid-19 no mês de julho. Na avaliação do secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, isso é uma vitória para a sociedade e reflexo da imunização. De acordo com o secretário, “a Bahia ultrapassou a marca de 6 milhões de vacinados com a primeira dose ou dose única de imunizante contra a Covid-19. Isso representa mais de 53% da população baiana com 18 anos ou mais. Outros indicadores positivos se apresentam, como uma queda de até 77% nas internações de pessoas acima de 60 anos, quando comparado os meses de março e junho deste ano”, destaca Vilas-Boas. Na avaliação do titular da pasta da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, “os dados comprovam a eficácia da vacinação, mas isso só está sendo possível graças ao planejamento estadual na aquisição de insumos para a aplicação das vacinas e a logística de distribuição em até 24 horas para os 417 municípios. Os gestores municipais também estão de parabéns ao criarem estratégias para vacinar rapidamente”, analisa o secretário. Confira abaixo a lista completa dos municípios que não registraram óbitos relacionados à Covid-19: Abaíra, Abaré, Adustina, Aiquara, Alcobaça, Almadina, Amélia Rodrigues, América Dourada, Andaraí, Andorinha, Angical, Anguera, Antônio Cardoso, Antônio Gonçalves, Aporá, Apuarema, Araças, Araci, Aramari, Arataca, Baixa Grande, Banzaê, Barra, Barra Do Choça, Barra Do Rocha, Barro Alto, Barro Preto, Barrocas, Belmonte, Biritinga, Boa Vista Do Tupim, Bom Jesus Da Serra, Boninal Bonito, Brejões, Brejolândia, Buritirama,Caém, Caetanos, Cafarnaum, Cairu Caldeirão Grande, Camacan, Canápolis, Candiba, Canudos, Capela Do Alto Alegre, Caraíbas, Caravelas, Cardeal Da Silva, Castroalves, Catolândia, Caturama, Chorrochó, Coaraci, Conde, Contendas Do Sincorá, Cordeiros, Coribe, Cotegipe, Cravolândia, Crisópolis, Cristópolis, Dário Meira, Dom Basílio, Dom Macedo Costa, Érico Cardoso, Esplanada, Fátima, Feira Da Mata, Firmino Alves, Floresta Azul, Gavião, Gentio Do Ouro, Governador Mangabeira, Guajeru, Guaratinga, Ibipeba, Ibiquera, Ibirapitanga, Ibirapuã, Ibirataia, Ibitiara, Ibititá, Ichu, Igaporã, Igrapiúna, Iguaí, Iraquara, Itacaré, Itagi, Itagibá, Itagimirim, Itaju Do Colônia, Itambé, Itanagra, Itapé, Itapebi, Itapitanga, Itaquara, Itarantim, Itatim, Itororó, Ituaçu, Ituberá, Jacarac, Ijaguaripe, Jandaíra, Jiquiriçá, João Dourado, Jucuruçu, Jussara, Lagoa Real, Lajedinho, Lajedo Do Tabocal, Lamarão, Lençóis, Licínio De Almeida, Macajuba, Macarani, Maetinga, Maiquinique, Malhada, Malhada De Pedras, Mansidão, Mascote, Matina, Milagres, Mirangaba, Mirante, Morpará, Mortugaba, Mulungu Do Morro, Mundo Novo, Muniz Ferreira, Muquém De São Francisco, Nordestina, Nova Fátima, Nova Itarana, Nova Redenção, Nova Soure, Ouriçangas, Ourolândia, Palmeiras, Paramirim, Paratinga, Pedrão, Pedro Alexandre, Pilão Arcado, Pindaí, Pindobaçu, Pintadas, Piripá, Piritiba, Planaltino, Ponto Novo, Presidente Tancredo Neves, Quixabeira, Retirolândia, Riachão Das Neves, Riachão Do Jacuípe, Ribeira Do Amparo, Ribeirão Do Largo, Rio Do Pires, Santa Bárbara, Santa Brígida, Santa Cruz Cabrália, Santa Cruz Da Vitória, Santa Inês, Santa Teresinha, Santa Luz, Santo Amaro, São Félix, São Félix Do Coribe, São Francisco Do Conde, São Gabriel, São José Da Vitória, São José Do Jacuípe, Saubara, Saúde, Sebastião Laranjeiras, Senhor Do Bonfim, Serra Do Ramalho, Serra Dourada, Serra Preta, Sítio Do Mato, Sítio Do Quinto, Souto Soares, Tabocas Do Brejo Velho, Tanquinho, Taperoá, Teofilândia, Terra Nova, Ubaitaba, Urandi, Utinga, Várzea Da Roça, Várzea Do Poço, Várzea Nova, Varzedo Vereda, Wagner.


Bahia ultrapassa marca de 6 milhões de vacinados com uma dose

Foto: Divulgação
22.Jul.2021 // 10:30

A Bahia ultrapassou nesta quarta-feira (21) a marca de 6 milhões de vacinados com a primeira dose ou dose única de imunizante contra a Covid-19. Isso representa 53,95% da população baiana adulta, ou seja, com 18 anos ou mais, estimada em 11.148.781. São ao todo 5.774.794 vacinados contra o coronavírus com a primeira dose, dos quais 2.208.542 receberam também a segunda aplicação, e mais 241.053 vacinados com o imunizante de dose única, até as 16 horas desta quarta. Em suas rede sociais, o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, comemorou o resultado. “É com muito orgulho que chegamos aos 6 milhões de baianos vacinados. Cada uma dessas pessoas representa o resultado de muito esforço, dedicação e cuidado. Não sossegaremos até que todos estejam protegidos. Ao lado do gov @costa_rui, seguiremos levando esperança ao nosso povo!”, escreveu.


Bahia registra 428 tentativas de suicídio de crianças e adolescentes em 2020

Foto: Reprodução
20.Jul.2021 // 10:30

A Bahia registrou 428 tentativas de suicídio de crianças e adolescentes em 2020, durante a pandemia da Covid-19. Os dados são do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) da Sesab e refletem o cenário encontrado no resto do país, onde uma em cada quatro crianças e adolescentes apresentaram ansiedade e depressão durante a pandemia com níveis clínicos, ou seja, com necessidade de intervenção de especialistas, segundo a USP.  A pediatra Rayana Murta relata que o número, que só aumenta, adquiriu contornos dramáticos e não recebe a atenção devida. São crianças e adolescentes que relatam um tom de pessimismo e de sentimentos negativos como depressão, ansiedade, nervosismo, preocupação ou tédio, além de alterações no sono especialmente durante os períodos de isolamento social impostos pela Covid-19. “O conhecimento de fatores de risco pode auxiliar na identificação dos jovens que estão em maior risco. O pediatra exerce papel fundamental nessa identificação, já que usa técnicas apropriadas para entrevistar crianças e adolescentes que demonstram potencial suicida e encaminham para acompanhamento especializado com um psiquiatra”, explica Rayana. Outra preocupação levantada pela pediatra é que simplesmente sair de casa pode não ser a solução, já que muitas crianças enfrentam sentimentos ambivalentes – ansiedade de encontrar amigos e medo de infectar parentes -, por exemplo.  "Essa dualidade de sentimentos deve ser acolhida e trabalhada em conjunto com os profissionais da saúde, da educação e as famílias", pontua a médica.


Bahia recebe mais de 600 mil doses de vacina contra covid-19 nesta semana

Foto: Reprodução
19.Jul.2021 // 10:00

A Bahia vai receber mais 600 mil doses de vacinas contra covid-19 nesta semana. O anúncio foi feito pelo secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas. “Boas notícias para começar a semana. Tem vacina chegando amanhã e depois”, disse o titular da pasta. Segundo o secretário serão 314.000 (D1 + D2) doses da Astrazeneca Fiocruz; 79.400 (D1) doses da Astrazeneca Covax; 132.400 (D1+D2) da Coronavac; e 81.900 (D1) da Pfizer. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), a Bahia já vacinou 52,3% da população acima dos 18 anos (estimada em 11.148.781) com, pelo menos, a primeira dose contra a covid-19.. Foram 5.604.441 vacinados com a primeira dose, dos quais 2.102.286 receberam também a segunda aplicação, e mais 235.138 vacinados com o imunizante de dose única, até as 17 horas deste domingo (18). Tem se observado volume excedente de doses nos frascos das vacinas contra a Covid-19, o que possibilita a utilização de 11 e até 12 doses em apenas um frasco, assim como acontece com outras vacinas multidoses. O Ministério da Saúde emitiu uma nota que autoriza a utilização do volume excedente, desde que seja possível aspirar uma dose completa de 0,5 ml de um único frasco-ampola. Desta forma, poderá ser observado que alguns municípios possuem taxa de vacinação superior a 100%. Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.131 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 1.945 recuperados (+0,2%). O boletim epidemiológico deste domingo (18) também registra 31 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 1.173.423 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.137.569 já são considerados recuperados, 10.657 encontram-se ativos e 25.197 tiveram óbito confirmado.


Ministério da Saúde diz que nenhuma dose de vacina vencida é repassada aos estados

Foto: Reprodução | Agência Brasil
02.Jul.2021 // 21:01

O Ministério da Saúde informou hoje (2), em Brasília, que nenhuma dose vencida de vacina contra a covid-19 é repassada aos estados e o Distrito Federal. Acrescentou que o prazo de validade dos imunizantes é rigorosamente acompanhado desde o recebimento até a distribuição. A divulgação da informação foi motivada pela publicação de uma matéria do jornal Folha de S.Paulo. Segundo a publicação, cerca de 26 mil doses de vacinas da AstraZeneca teriam sido aplicadas após o vencimento em 1.532 municípios. Segundo o ministério, os estados são orientados a distribuírem imediatamente os imunizantes recebidos, sendo obrigação dos gestores locais do Sistema Único de Saúde (SUS) fazer o armazenamento correto e a aplicação das doses dentro do prazo de validade. 


Cinco casos de malária são confirmados em Itabela no sul da Bahia

Foto: Getty Images
02.Jul.2021 // 18:00

A prefeitura de Itabela, cidade ao sul da Bahia, confirmou ao menos cinco casos de malária no assentamento Margarida Alves. Nenhuma morte foi registrada. Por meio de nota técnica, prefeitura divulgou que as notificações foram recebidas no dia 26 de junho. Segundo o G1, no documento, a Secretaria Municipal de Saúde informou que os pacientes contraíram a doença em áreas endêmicas e que por isso os casos são considerados importados. A prefeitura informou ainda que, por causa do grande deslocamento das pessoas entre os assentamentos, medidas de monitoramento foram adotadas, já que a malária é uma doença infecciosa, causada por um parasita.


Bahia ultrapassa a marca de 5 milhões de vacinados

Foto: Reprodução
Por: Sesab no dia 02.Jul.2021 // 13:30

O Estado da Bahia ultrapassou nesta sexta-feira (2), a marca de 5 milhões de vacinados com primeira dose e dose única contra a Covid 19. Com os 5.009.928 de imunizados, o que representa 45% da população com 18 anos ou mais a ser imunizada, estimada em 11. 035. 540, a Bahia é um dos estados do país com o maior número de vacinados. O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, avalia que essa vitória é fruto de diversos fatores. “A Bahia é o estado do país que mais rápido aplica as vacinas, pois há uma sintonia entre a nossa operação logística, que distribui as doses para os 417 municípios em até 24 horas após a chegada da carga ao estado, com a estratégia de imunização dos gestores municipais, que inclui mutirões, drive thru e até vacinação na residência”, afirma o secretário. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel.


Fiocruz: Com avanço da vacinação, mortes e ocupação de UTIs têm queda

Foto: Divulgação
02.Jul.2021 // 09:00

O avanço da vacinação contra a covid-19 já produz impacto na mortalidade causada pela doença e na ocupação de leitos nas Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) desses pacientes, segundo edição extraordinária do Boletim Observatório Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgada ontem (30). Apesar da manutenção de níveis altos de transmissão da doença, em um patamar estável ainda mais elevado que o do ano passado, os pesquisadores observaram queda na incidência de mortes. A razão para esse descolamento nas tendências, segundo o boletim, pode ser explicada pela vacinação dos grupos de maior risco e exposição, como idosos, portadores de doenças crônicas e profissionais de saúde. "Hoje, a cobertura vacinal dentro desses grupos é mais ampla em relação ao restante da população. Ao mesmo tempo, a circulação de novas variantes do vírus pode aumentar a sua transmissibilidade sem que isso represente, no entanto, um aumento no número de casos graves com necessidade de internação", diz um trecho do estudo, que ressalta que a transmissão em patamares elevados gera casos graves entre grupos populacionais não vacinados ou com vulnerabilidade potencializada por fatores individuais ou sociais. O boletim mostra que, entre 20 e 26 de junho, foi mantida uma incidência média de 72 mil novos casos de covid-19 por dia no país, o que representa uma oscilação de -0,2% ao dia em relação à semana anterior. Já a mortalidade média foi de 1,7 mil vítimas por dia, o que corresponde a uma queda diária de 2,5%. Apesar da redução no número de óbitos, que chegou a uma média de 3 mil por dia no pico da pandemia, a Fiocruz ressalta que a mortalidade ainda é considerada muito alta e "não permite afirmar que haja qualquer controle da pandemia no Brasil".