Menu

Últimas notícias.

A Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão preventiva contra uma mulher, na sexta-feira (1), acusada de torturar sua filha adolescente, no município de Itacaré. O crime aconteceu no último sábado (23), na residência das envolvidas. A mãe queimou partes do corpo de sua filha com uma colher quente. Após o crime, a vítima fugiu de casa e entrou em contato com o Conselho Tutelar, sendo encaminhada para uma casa de acolhimento. Logo após o registro da ocorrência na Delegacia Territorial (DT) de Itacaré a vítima prestou depoimento e foi solicitado ao Poder Judiciário o mandado de prisão preventiva contra a autora, acatado pelo Ministério Público da Bahia. Com o cumprimento da ordem judicial, a mulher foi interrogada na unidade policial e, em seguida, passou por exame de corpo de delito no Departamento de Polícia Técnica (DPT), ficando à disposição da Justiça.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.