Menu

Últimas notícias.

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) divulgou na última quinta-feira (14) que o número de mortes por dengue no estado chegou a 14. As duas novas vítimas foram registradas em Santo Antônio de Jesus e Santo Estêvão. Jacaraci é o município com o maior número de óbitos, totalizando quatro, seguido por Vitória da Conquista, com três. Além disso, Piripá, Barra do Choça, Irecê, Feira de Santana e Ibiassucê registraram uma morte cada. A Bahia enfrenta uma epidemia de dengue, com 175 municípios nessa situação. Outros 67 estão em risco e 18 em alerta. Até o dia 9 de março deste ano, foram notificados 45.386 casos prováveis da doença, representando um aumento de 307,7% em relação ao mesmo período de 2023. Além da dengue, a Chikungunya e o Zika também preocupam. Houve uma redução de 17,5% nos casos prováveis de Chikungunya em comparação ao ano passado, com 3.918 casos notificados. Já os casos de Zika aumentaram 38,2%, totalizando 463 casos prováveis em 2024. A Bahia apresenta um dos menores índices de letalidade por dengue no país, com cerca de 1,46%, em comparação à média nacional de 3,09%. No ano atual, foram registradas duas mortes por Chikungunya, nos municípios de Teixeira de Freitas e Ipiaú, enquanto nenhum óbito por Zika foi confirmado.

Tags relacionados:

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.