Livramento Hoje
IPCA-15 acumula alta de 7,02% no ano e 10,05% em doze meses
IPCA-15 acumula alta de 7,02% no ano e 10,05% em doze meses

Foto: Alan Souza | Livramento Hoje
24.Set.2021 // 10:00

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) variou 1,14% em setembro, 0,25 ponto percentual (p.p.) acima da taxa de agosto (0,89%). Foi a maior alta mensal da prévia inflacionária do IBGE desde fevereiro de 2016. O indicador tem metodologia semelhante ao do IPCA – medidor oficial da inflação -, mudando apenas a o período de coleta dos preços. Com a aceleração deste mês, o IPCA-15 acumula alta de 7,02% no ano e 10,05% nos últimos doze meses. Houve alta em oito dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados. O maior impacto (0,46 p.p.) e a maior variação (2,22%) vieram do grupo Transportes, seguido de Alimentação e bebidas (1,27% e 0,27 p.p.). Os demais grupos ficaram entre o -0,01% de Educação e o 1,27% em habitação. Segundo o IBGE, o resultado do grupo Transportes foi influenciado pela alta dos combustíveis (3%), acima da registrada no mês anterior (2,02%). A gasolina subiu 2,85% e acumula aumento de 39,05% nos últimos 12 meses. Já em Alimentação e bebidas, a maior contribuição para o IPCA-15 de setembro foi do item alimentação no domicílio – que passou de 1,29% em agosto para 1,51%. O valor cobrado pelas carnes subiram 1,10% e contribuíram com 0,03 p.p. para o indicador. Os preços subiram também na batata-inglesa (10,41%), do café moído (7,80%), do frango em pedaços (4,70%), das frutas (2,81%) e do leite longa vida (2,01%).


Comentários



Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.



Deixe seu comentário

Mais Notícias