Livramento Hoje
Paramirim: Mulher de 36 anos morre com suspeita de doença do fungo negro
Paramirim: Mulher de 36 anos morre com suspeita de doença do fungo negro

Foto: Alan Rich | Livramento Hoje
29.Set.2021 // 09:00

Na última sexta-feira (24), uma mulher de 36 anos morreu, com a suspeita de mucormicose, doença mais conhecida como fungo negro. A paciente estava internada no Hospital Aurélio Justiniano Rocha, no município de Paramirim. Uma familiar, que preferiu não se identificar, relatou que ela passou por uma tomografia dias antes de falecer e os médicos avisaram à família sobre a suspeita da doença, que vem sendo relacionada ao coronavírus desde que milhares pessoas na Índia desenvolveram a enfermidade. A vítima de Paramirim era feirante e tinha dois filhos, com quem morava junto ao marido. De acordo com a família, o primeiro sintoma foi uma paralisia, seguida de forte irritação e inchaço nos olhos, além de dificuldade para respirar pelo nariz e uma forte desidratação. De acordo com a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), dois casos suspeitos foram investigados no estado. Além da mulher em Paramirim, um outro caso no Oeste do estado teve confirmação laboratorial: um homem de 44 anos, diabético, morreu vítima de fungo negro no dia 9 de maio de 2021. O caso aconteceu no município de Baianópolis.